Icardi nega ter enviado mensagens a Bauza após hat-trick em goleada

Mauro Icardi segue mostrando dentro de campo que merece uma convocação para a seleção argentina, apesar de seus problemas fora das quatro linhas. Neste domingo o atacante marcou três gols na goleada da Inter de Milão por 7 a 1 sobre o Atalanta, no Campeonato Italiano, e foi ventilado que ele teria enviado mensagens ao técnico Edgardo Bauza para “cobrar” um lugar na lista dos selecionados para defender o país.

Apesar de se destacar no futebol italiano, Icardi tem de lidar com a forte concorrência no ataque da Argentina. Higuaín, Aguero e Lucas Pratto são as prioridades de Bauza. No último duelo da Argentina nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, contra a Colômbia, o atacante do São Paulo, inclusive, iniciou como titular, deixando Higuaín no banco e marcando um dos três gols da vitória albiceleste.

Após a goleada sobre a Atalanta, Icardi tratou de negar qualquer contato com o treinador argentino e procurou se esquivar de qualquer polêmica envolvendo seu nome. Por enquanto cabe ao atacante seguir marcando gols e aguardar uma brecha para compor o concorrido ataque da Argentina.

“Eu não mando a mensagens a Bauza, não tenho o número dele. Se ele me chamar, será um prêmio pelo trabalho diário que faço”, disse Icardi.