Ibrahimovic odiava Cavani, diz ex-companheiro do sueco

Goal.com

"Ibra disse que odiou quatro jogadores ao longo da carreira e o Cavani foi um deles", essa foi a fala de Michael Ciani, ex-companheiro do sueco na MLS, quando ambos defendiam o Los Angeles Galaxy, durante uma entrevista com a rádio francesa RMC Sport.

Não era segredo que, apesar de formarem uma grande dupla de ataque, Zlatan Ibrahimovic e Edinson Cavani não se gostavam quando jogavam juntos no PSG. Mas na entrevista de Ciani um lado mais tenso da relação entre os dois ficou claro, com a revelação de opiniões pessoais do atacante do Milan.

Ciani não falou se Ibra revelou o motivo do "ódio" contra Cavani, mas nas conversas de vestiário o sueco contou não gostar nem de quem era amigo de uruguaio: "Se você é próximo de Cavani, Ibra não gosta. Ou você está com Ibra ou contra ele", afirmou o ex- Los Angeles Galaxy.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Enquanto jogavam no PSG, havia uma clara disputa sobre qual das duas estrelas era o grande "comandante" da equipe francesa e especialmente do ataque parisiense, com ambos brigando pela artilharia do time temporada a temporada. 

Quando o sueco deixou o time francês para jogar no Manchester United, era o maior artilheiro do clube, com 156 gols marcados. No entanto, em 2018, já sem a parceria de Ibra, que saiu em 2018, Cavani alcançou a marca e se estabeleceu como o grande goleador do Paris, hoje ele tem 200 gols marcados pela equipe.  

Outro jogador do Los Angeles Galaxy, Emiliano Insúa, em entrevista no fim de abril, disse que os comentários que ouviu sobre Ibra nos vestiários do clube não eram positivos e que, apesar de não estar no time ao mesmo tempo que o sueco reconhece sua personalidade excêntrica. "Aqui, dizem que não era um bom companheiro e por isso foi embora. Como jogador, foi muito bom, mas não era um bom companheiro de equipe", disse ao Club947.

Leia também