Ibrahimovic e Mings são acusados ​​de conduta violenta

Zlatan Ibrahimovic e Tyrone Mings foram acusados ​​de conduta violenta pela Associação de Futebol (FA) pelos comportamentos apresentados durante o empate em 1 a 1 do Manchester United com Bournemouth no último sábado (4).

A dupla entrou em atrito mais de uma vez durante o jogo da Premier League em Old Trafford e teve a sorte de não ser expulsa. Embora ambos tenham se isentado da culpa e negado a intenção de atingir um ao outro, Mings deu um pisão na cabeça do sueco, e recebeu uma cotovelada do rival. 

Zlatan Ibrahimovic Tyrone Mings

 Getty Images

"Sobre o lance do meu cotovelo, eu pulei, me protegi e pulei muito alto, mas ele pulou atrás de mim e deu azar de ter pulado no meu cotovelo", explicou o sueco à TV oficial do Manchester United. "Tomara que ele não tenha se lesionado. São situações que acontecem, eu fui para disputar a bola e infelizmente ele pulou no meu cotovelo. Não fiz nada de propósito, e não há nada a fazer agora sobre isso. Só torço para que ele não tenha se machucado", finalizou.

Ibra e Mings escaparam da punição do árbitro Kevin Friend, com Andrew Surman sendo o único a ser expulso no jogo, mas os fatos não passaram despercebidos pela FA. A organização anunciou nesta segunda-feira (6) que ambos poderão ser punidos, com o sueco pegando até três jogos de suspensão e o jogador do Bournemouth, um gancho ainda maior.