Iannone elogia “boa base”, mas ressalta que Aprilia precisa extrair potencial máximo da RS-GP

Redação GP
Grande Prêmio

Andrea Iannone decidiu dar alguns pitacos sobre a atual moto da Aprilia. O piloto afirmou que a equipe primeiro precisa se focar em tentar extrair o máximo da RS-GP antes de voltas as atenções para o desenvolvimento. 

 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O italiano chegou ao time nesta temporada. Na corrida de abertura da temporada, no Catar, largou da 19ª colocação e cruzou a linha de chegada em 14º, conseguindo somar dois pontos. Ainda, protagonizou uma queda após a prova, voltando aos boxes de carona com Johann Zarco.

 

Após os testes pré-temporada, Andrea reconheceu que tinha poucas expectativas em sua primeira disputa, afirmando que queria apenas terminar. Agora, afirmou que o time também não usa o total potencial existente da moto.

Andrea Iannone (Foto: Aprilia)




“Acredito que todo piloto quer que a moto dê um passo em cada área. Então esse é o desafio sempre. E também para mim, tento melhorar a cada final de semana e cada ano. Mas, em qualquer caso, acredito que temos uma boa base e isso é o mais importante”, falou em evento da Aprilia.

 

“Durante todo o período, entendemos um pouco melhor os pontos fortes para nós, e acredito que essa é a base da moto. E com certeza precisamos melhorar um pouco a aceleração, um pouco a virada”, seguiu.

 

“É importante também que continuemos trabalhando como agora, pois acredito que a base que temos agora não a usamos ao máximo. Então, a prioridade é chegar com essa moto a 100%. Desse ponto, colocamos no desenvolvimento da moto, para estudar, para entender melhor outras situações. Mas a prioridade agora é essa”, concluiu.

Leia também