Hulk treina com a mão enfaixada, e Atlético-MG tem preocupações com pendurados diante do Cuiabá

·1 min de leitura


O penúltimo trabalho do Atlético-MG antes do duelo com o Cuiabá, pelo Brasileirão, contou com a presença do atacante Hulk. Na atividade desta sexta-feira, o atacante trabalhou com a mão esquerda enfaixada por conta de um pisão sofrido no jogo contra o Fortaleza, em duelo da Copa do Brasil, na última quarta-feira.

Apesar de ter participado dos trabalhos, Hulk segue como dúvida para encarar o Dourado, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão, pela 28ª rodada. Caso consiga entrar em campo contra o Cuiabá, o atacante terá de usar um equipamento de proteção na mão esquerda, por conta da lesão.

+ Veja a tabela do Brasileirão e simule os resultados dos jogos

Hulk passou por exames na quinta-feira, depois do duelo com o Leão do Pici e não teve fratura constatada. Porém, o jogador segue em tratamento do problema no osso da mão.

Diego Costa e pendurados

Além de Hulk, o atacante Diego Costa também treinou normalmente com o grupo e pode estar entre os relacionados do técnico Cuca.

Com um dos seus principais jogadores como dúvida, o Atlético ainda tem outras preocupações. Vários jogadores estão pendurados e podem não encarar o jogo do ano no Brasileirão, contra o Flamengo, no sábado, 30 de outubro, no Maracanã.

O Galo tem cinco atletas pendurados com dois cartões amarelos, sendo quatro deles titulares e peças importantes: os zagueiros Nathan Silva e Junior Alonso, o meia Nacho Fernández e o atacante Hulk. Cuca e o atacante Eduardo Sasha também estão na lista de pendurados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos