Hulk marca duas vezes e Atlético-MG vence o Corinthians de virada pelo Brasileirão

·4 minuto de leitura


O Atlético-MG, de virada, bateu o Corinthians por 2 a 1, na Neo Química Arena, pela 12ª rodada do Brasileirão-2021, neste sábado. Com dois golaços de Hulk no segundo tempo, o time mineiro conquistou uma vitória importante para colar no líder Palmeiras. Enquanto os paulistas, que saíram na frente na primeira etapa com Gustavo Mosquito, ficam estagnados na tabela.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui
> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Primeiro tempo truncado, mas Cantillo e Mosquito desatam o nó

Como já era esperado, ambas as equipes vieram com posturas bem características para os primeiros momentos da primeira etapa. O Timão, com meio-campo reforçado, priorizou a marcação e aguardou o erro do adversário, enquanto o Galo trocou passes para tentar furar a retranca alheia. Esse embate de ideias acabou deixando o jogo bastante trucando sem muitas alternativas.

Tanto o mandante quanto o visitante tiveram dificuldade para finalizar. Até os 35 minutos as equipes tinham chutado uma vez para o gol cada um. Até que foi preciso uma intervenção contundente no duelo, que veio com Cantillo, que apertou a marcação em Nathan no meio, roubou a bola e lançou Mosquito, que driblou Alonso, cortou para o pé esquerdo e finalizou para abrir o placar.

O gol corintiano despertou o Atlético-MG, que aumentou o volume de ataque na reta final do primeiro tempo. Depois dos 37 minutos, quando Mosquito marcou, só deu a equipe mineira, que conseguiu uma boa chance aos 47, aproveitando erro na saída do Timão. Hulk recebeu na entrada da área e tocou para Nathan, que finalizou com perigo para fora, deixando o 1 a 0 no placar.

Corinthians x Atlético-MG
Corinthians x Atlético-MG

Hulk fez os gols do Atlético-MG (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

Galo volta melhor e Hulk decide com dois gols

Na volta do intervalo, Cuca tirou Nathan e colocou Eduardo Sasha, deixando o Galo mais ofensivo e a mudança deu certo. Com Hulk e Mariano pelo lado direito, a equipe chegou duas vezes: uma a bola passou sem ninguém completar na área, já na outra Zaracho desviou e Cassio fez uma defesaça, assim como logo em seguida, em finalização de Sasha, após escanteio.

A pressão dos mineiros era enorme e o empate não demorou a sair. Aos 18 minutos, Hulk marcou um golaço cobrando falta, no ângulo, impossível para Cássio pegar dessa vez. Sem conseguir jogar, Sylvinho colocou Vitinho e Marquinhos nos lugares de Mateus Vital e Gustavo Mosquito, mas os visitantes continuavam muito superiores, como muita intensidade e controle do jogo.

Em um raro lance de ataque, Vitinho cobrou falta e o rebote caiu para Marquinhos, que perdeu grande chance para o Timão. Em seguida, aos 35 minutos, foi a vez de Jô perder duas inacreditáveis chances de gol no mesmo lance. Uma parou em Everson, a outra no pé da trave. E quem não faz...

Toma! Aos 40 minutos, após tabelar com Dylan Borrero, que tinha acabado de entrar, Hulk arrumou um belo chute cruzado para virar o placar na Neo Química Arena. Somente aí Sylvinho mexeu no time, no entanto já era tarde demais para tentar alguma coisa e a virada atleticana foi confirmada.

E agora?

Com o resultado, o Corinthians fica com 14 pontos na tabela e permanece na 12ª posição, já o Atlético-MG vai a 25 e vai para a segunda colocação. Agora, o Timão volta a campo na segunda-feira, dia 26 de julho, para enfrentar o Cuiabá, fora de casa, pelo Brasileirão-2021. Enquanto o Galo recebe o Boca Juniors, nesta terça-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 2 ATLÉTICO-MG
Local:
Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data-Hora: 17/7/2021 - 19h
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Junior Alonso e Dodô (AMG)
Cartões vermelhos: -
Gols: Gustavo Mosquito (37'/1ºT) (1-0), Hulk (18'/2ºT) (1-1), Hulk (40'/2ºT) (1-2)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Luan, aos 42'/2º), Gabriel e Roni (Araos, aos 42'/2ºT); Gustavo Mosquito (Marquinhos, aos 27'/2º), Mateus Vital (Vitinho, aos 20'/2ºT) e Jô. Técnico: Sylvinho.

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nahan Silva, Junior Alonso e Dodô; Allan (Dylan Borrero, aos 38'/2ºT), Jair (Tchê Tchê, aos 17'/2ºT), Nathan (Eduardo Sasha, no intervalo) e Zaracho (Alan Franco, aos 38'/2ºT); Hyoran (Calebe, aos 10'/2ºT) e Hulk. Técnico: Cuca.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos