Hulk já acumula ruído com Cuca e bronca de executivo no Galo

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Hulk só tem um gol em nove jogos pelo Galo (Reprodução)
Hulk só tem um gol em nove jogos pelo Galo (Reprodução)

Não é apenas dentro de campo que as coisas não andam bem para Hulk no Atlético-MG. Fora das quatro linhas, o atacante já acumula alguns pequenos ruídos. O mais conhecido deles é com Cuca, de quem ele cobrou mais oportunidades. Mas, antes disso, Hulk já havia tomado uma dura de Rodrigo Caetano.

O diretor-executivo de futebol do Galo não gostou da forma como Hulk tentou o drible diante de um zagueiro do La Guaíra, na última terça-feira, e deu um grito, ouvido de dentro de campo - não havia permissão para a presença da torcida, o que facilitou a compreensão geral.

Leia também:

Há quem garanta que Hulk pediu uma conversa com Caetano no vestiário, pós-jogo, para demonstrar chateação com a bronca pública. Mas o Blog apurou com uma pessoa da comissão técnica, que acompanhou tudo de perto, que o episódio terminou com a dura do dirigente no gramado. 

Hulk acabou não respondendo a Caetano, que carrega em seus trabalhos a fama de parceiro dos atletas, mas extremamente disciplinador. 

De qualquer forma, o início de Hulk no Galo não poderia ser pior. Desde que foi contratado, como o mais bem pago do elenco e o terceiro maior entre os atletas de futebol do país, o atleticano disputou nove jogos, marcou um único gol e ainda foi expulso contra o Cruzeiro. 

Sob o comando de Cuca, acumula sete partidas, sendo quatro como titular e três na condição de reserva.