Hulk fala sobre infância palmeirense, família corintiana e ressalta: 'Hoje, sou atleticano doente'

·1 minuto de leitura


O duelo brasileiro pelas semifinais da Libertadores entre Palmeiras e Atlético-MG já ganha contornos de decisão, mexendo com as duas torcidas, que vivem a expectativa de ter seus times na decisão do torneio. A partida, que será disputada nesta terça-feira, 21 de setembro, no Allianz Parque, em São Paulo. A volta será no dia 28, no Mineirão.

Um dos grandes destaques do confronto é o atacante Hulk, artilheiro do Galo no ano e nome referência da equipe. Ele estará em sua primeira semifinal da competição sul-americana.

O jogador do Galo também falou dos tempos de infância, quando torcida para o Palmeiras, mesmo com uma família corintiana. Sobre o duelo, Hulk tem duas preocupações: não levar cartão, pois está pendurado com dois amarelos e não entrar na “pilha” de Abel Ferreira sobre a responsabilidade de favoritismo nos confrontos. Confira tudo que Hulk falou nos vídeos da matéria.

Atlético-MG x Bahia - Hulk
Atlético-MG x Bahia - Hulk

Hulk está pendurado com dois cartões e quer evitar ficar de fora do segundo jogo em BH-(Foto: Pedro Souza / Atlético)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos