Hulk se mostra incomodado com falta de sequência no Atlético-MG: 'Preciso de jogos'

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Antes mesmo da bola rolar no Independência, o Atlético-MG já estava classificado às semifinais do Mineiro como primeiro colocado da fase de classificatória. Por isso, a comissão técnica de Cuca teve a oportunidade de, na noite deste sábado (24), enviar a campo uma formação totalmente alternativa para encarar o Athletic, com muitos reservas ganhando oportunidade para mostrar serviço. Um deles acabou decidindo o placar final: o lateral Mariano, autor do gol único que selou o triunfo alvinegro.

Em que pese o contexto muito particular de equipe alternativa pouco entrosada, assistimos mais um jogo burocrático do Galo, que segue sem convencer o seu torcedor nesta temporada 2021. As principais referências do elenco atleticano estão conscientes disso, ao ponto de Hulk, uma das principais contratações do clube no ano, admitir que o caminho pela frente é longo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Sendo transparente, temos que evoluir bastante. Estamos trabalhando, tendo dificuldade. Esperamos dar a volta por cima. Queria estar no meu melhor nível. Precisa de confiança, minutos jogados e não estou tendo isso. Preciso de jogos, ritmo e confiança para apresentar meu melhor futebol. Desde que o professor Cuca chegou não tive uma sequência de jogos seguidos. Difícil estar três meses sem jogar. A sequência de jogo pode te dar mais ritmo", afirmou em entrevista concedida após o encerramento do duelo (via ge).

O Galo volta a campo já na próxima terça-feira (27), quando encara o América de Cali pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.