Hudson celebra início no Cruzeiro e espera bom jogo contra a Chape

Volante que deve atuar improvisado na lateral direita cobra atenção de seus companheiros no jogo diante do Peixe, neste domingo (28), na Vila Belmiro

Com apenas cinco meses de Cruzeiro, Hudson entrou na equipe depois da contusão de Henrique e não saiu mais. O volante vem de boas apresentações com a camisa estrelada, marcou gol e fez jogadas decisivas que o fizeram cair nas graças da torcida. 

O jogador atribui a boa fase da carreira ao comprometimento no início da temporada e pela qualidade do elenco, que para ele foi fundamental para sua adaptação à Toca da Raposa II.  

"Me vejo como um jogador importante. Tenho procurado mostrar a cada jogo o porquê da minha contratação. Vim para somar num grupo de qualidade. Tive a oportunidade na lesão do Henrique, mas precisamos estar preparados para essas situações. Treinei muito, fiz boa pré-temporada. Fico muito feliz, mas é só o começo. Temos muitos campeonatos. Isso é um crescimento que precisamos chegar num nível muito maior", disse o. 

Principal "ladrão de bolas" da equipe, Hudson afirma que essa é uma das suas melhores características e uma das suas principais funções em campo. Para o volante, sua performance se deve ao alto índice de concentração nas partidas.  

"É uma das minhas características. Você precisar estar bem atento, porque enfrenta grandes jogadores. Se não tiver com nível de concentração muito alto, não terá sucesso. Tenho focado muito nisso para ter um bom resultado", declarou. 

Sobre a partida desta quarta-feira (3), diante da Chapecoense, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o volante pensa que o Cruzeiro, apesar da ordem invertida dos jogos, deverá repetir o embate contra o São Paulo, quando venceu o jogo de ida e pôde jogar com vantagem no duelo decisivo.  

"Temos um confronto muito difícil, estamos com a cabeça voltada para Chapecoense. Fazer um bom primeiro jogo, o duelo contra o São Paulo mostrou a importância desse primeiro jogo. Estamos nas oitavas de final, campeonato importante, é o momento de colocar força máxima. Todos que tiverem com capacidade, que estejam à disposição do Mano", finalizou. 

Leia também