Huawei estima lucrar R$ 7,19 bilhões por uso de patentes do 5G

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
SHANGHAI, CHINA - FEBRUARY 23, 2021 - The Huawei logo is seen during the Mobile World Congress 2021 in Shanghai, China, Feb 23, 2021. On March 16, 2021, Huawei announced a cap of $2.50 on licensing fees for a single phone that complies with 5G standards. (Photo credit should read Costfoto/Barcroft Media via Getty Images)
(Foto: Getty Images)
  • A batalha do 5G será um dos grandes 'confrontos' deste século

  • EUA e China devem liderar essa arena de competição

  • Huawei estima arrecadar até R$ 7,2 bilhões com algumas cobranças

A chinesa Huawei anunciou que pretende cobrar outras empresas, como Apple e Samsung, pelo uso de suas patentes do 5G. A companhia estima que arrecadar até US$ 1,3 bilhão (cerca de R$ 7,19 bilhões, na cotação atual) com as patentes.

Leia também:

Esse é um dos planos da companhia para competir no mercado, apesar das sanções dos Estados Unidos. A Huawei disse que as sanções dos EUA não podem impedir a empresa de negociar suas patentes com companhias do país, já que seus registros são públicos e até mesmo protegidos pelas leis locais.

Huawei deve ter preço abaixo dos concorrentes

Dessa forma, a fabricante quer licenciar suas tecnologias a um preço abaixo de seus concorrentes. No caso de celulares com 5G, o valor será aplicado por unidade e terá um teto de US$ 2,50, o equivalente a cerca de R$ 14 em conversão direta, segundo fontes ouvidas pela Bloomberg. 

“Huawei tem sido o maior contribuidor técnico para os padrões 5G”, disse o chefe do departamento de propriedade intelectual da Huawei, Jason Ding. “Esperamos que a taxa de royalties anunciada hoje aumente a adoção do 5G dando aos implementadores de 5G uma estrutura de custos mais transparente que informará suas decisões de investimento no futuro”, completou o executivo.