Houssem Aouar, lesionado, deixa concentração da seleção francesa

·1 minuto de leitura
O meia do Lyon, Houssem Aouar, durante um treino no dia 18 de agosto de 2020 em Lisboa
O meia do Lyon, Houssem Aouar, durante um treino no dia 18 de agosto de 2020 em Lisboa

O meia do Lyon, Houssem Aouar, lesionado na vitória de domingo por 2 a 1 sobre o Saint-Etienne, deixou a concentração da seleção francesa e não será substituído, anunciou o técnico Didier Deschamps nesta segunda-feira. 

"Depois de examinar Houssem Aouar e a lesão que sofreu ontem, vamos deixá-lo à disposição do Lyon", disse Deschamps por videoconferência, dois dias antes do amistoso entre França e Finlândia. 

Aouar havia sido convocado para substituir Nabil Fekir, também lesionado, mas no domingo ele mancou na partida da Ligue 1, sentindouma contusão na coxa.

Aouar, convocado pela seleção Sub-21 após uma primeira convocação pela a seleção principal, vai ficar fora da concentração. 

Deschamps terá de lidar com várias lesões. Ele convocou 26 jogadores, três a mais do que o limite para um jogo. 

Kylian Mbappé, também com problemas musculares em uma coxa, está sendo atendido pela equipe médica da seleção. "Não vamos correr riscos por ninguém", garantiu Deschamps. 

Depois da Finlândia, os 'Bleus' vão disputar dois jogos da Liga das Nações: no sábado, contra Portugal e no dia 17 de novembro, contra a Suécia.

ama-jta/jed/pm/aam