Liverpool vence Wolverhampton em momento crucial para arrancar na temporada

Lucas Humberto
·2 minuto de leitura

Os torcedores dos Reds não têm vida fácil nessa temporada. Nos últimos 10 jogos do torneio inglês, sete haviam terminado em derrota, o que resultou em uma amarga 8ª colocação. O time de Jurgen Klopp, no entanto, ganhou sobrevida com o revés do Tottenham para o Arsenal na partida de ontem (14) e, nesta segunda, com a vitória de 1 a 0 sobre o Wolverhampton, fora de casa.

Depois do triunfo, o Liverpool subiu para a 6ª posição, empatado com o Everton (46 pontos) e colado no West Ham, quinto colocado, com 48 pontos. Não foi na partida de hoje que o jejum de Mané e Salah chegou ao fim. O único gol da equipe veio dos pés do atacante Diogo Jota. O próximo compromisso da equipe pela Premier League é somente no dia 4 de abril, às 12h30, contra o Arsenal.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Momentaneamente, essa é a pior campanha do clube inglês desde 2017, quando foi goleado pelo Tottenham, em 22 de outubro, e finalizou a rodada em 9º lugar. Naquela mesma temporada, o time de Klopp embalou uma série de vitórias, foi derrotado somente mais três vezes e conseguiu encerrar o ano na 4ª colocação.

Jejum dos atacantes

O desempenho dos Reds na Premier League passa muito pela atual condição dos dois maiores nomes da equipe no ataque: Salah e Mané. Ainda que seja o artilheiro do time, com 17 gols na temporada, o camisa 11 não balançou as redes nas últimas cinco partidas do torneio nacional. Seu último gol foi na derrota para o Leicester (3 a 1), em 13 de fevereiro.

Mané, por sua vez, não comemora um tento no Campeonato Inglês desde 28 de janeiro, quando venceu o Tottenham por 3 a 1.

Firmino segue sofrendo com um problema no joelho. | Pool/Getty Images
Firmino segue sofrendo com um problema no joelho. | Pool/Getty Images

Vale ressaltar que Klopp contou com quatro desfalques no plantel: Henderson, Van Dijk, Joe Gomez e Matip seguem no departamento médico. Apesar da campanha irregular, as perspectivas após vitória sobre os Wolves apontam para um Liverpool com melhores chances de alcançar o G4 no Inglês.