Homens são presos após venderem "lâmpada mágica" por mais de R$ 530 mil

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Lâmpada vendida ao médico x lâmpada do desenho do Aladdin  (reprodução)
Lâmpada vendida ao médico x lâmpada do desenho do Aladdin (reprodução)

Dois homens foram presos na Índia após venderem uma "lâmpada mágica" a um médico na Índia. A vítima caiu no golpe no objeto que prometia sorte e fortuna e acabou pagando alto: 7 milhões de rupias (mais de R$ 530 mil, na conversão atual).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

As informações são são da agência de notícias AFP. Laeek Khan, o médico enganado, cuidava da mãe da dupla de criminosos e ficou encantado quando soube dos supostos poderes da lâmpada vendida pelos impostores.

Leia também

Após comprar o objeto e perceber que nenhum gênio sairia da lâmpada, Khan chamou a polícia de Uttar Pradesh, estado do norte da Índia. De acordo com os investigadores, o golpe cometido pela dupla já fez muitas outras vítimas.

“Os homens enganaram outras famílias usando o mesmo modus operandi. O valor total envolvido gira em torno de muitos milhões de rúpias", disse Amit Rai, um oficial sênior, à AFP.

De acordo com o site NDTV.com, o médico lamentou ter sido tão ingênuo no registro policial). "Eles me fizeram lavagem cerebral e perguntaram se eu queria conhecer o baba (figura de autoridade religiosa no hinduísmo)", contou.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube