'Homem gol': relembre a primeira passagem de Calleri no São Paulo

·2 minuto de leitura


O atacante Jonathan Calleri acertou seu retorno ao São Paulo na última segunda-feira, dia final da janela de transferências internacionais. De volta, o argentino tem a missão de repetir o bom desempenho da sua primeira passagem, em 2016. 

Naquela época, Calleri foi o quarto reforço do São Paulo para a temporada. O argentino chegou por empréstimo de apenas seis meses do Boca Juniors. Além dele, o clube trouxe o zagueiro Lugano, o lateral-esquerdo Mena e o atacante Kieza.

Contratado para ser um dos principais jogadores do ataque são-paulino, o argentino correspondeu e logo em sua estria, diante do César Vallejo-PER, pela Libertadores, já deixou sua marca. No segundo jogo, foram mais dois gols diante do Água Santa, pelo Campeonato Paulista.

>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Ao longo de sua passagem pelo Tricolor, Calleri marcou 31 gols em 16 jogos, uma média de um gol a cada 4,7 finalizações. O argentino ainda anotou três assistências, acertou 39 de 76 finalizações e deu 23 assistências para chutes dos companheiros, segundo o 'Footstats'.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Calleri fez seu último jogo pelo São Paulo em julho de 2016, na derrota por 2 a 1 para o Atlético Nacional-COL. Na ocasião, ele deixou sua marca, mas não impediu a eliminação do time na semifinal da Libertadores. Ao todo, Callri disputou 31 jogos pelo Tricolor, com 11 vitórias, sete empates e 13 derrotas.

NÚMEROS DE CALLERI PELO SÃO PAULO
31 jogos
16 gols
3 assistências
39/76 finalizações no alvo
23 assistências para finalização

▸ Fez 1 gol a cada 4,7 finalizações
▸ Participou de 1 gol a cada 126'
▸ Participou de 1 finalização a cada 24'

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos