Homem executado em carro de luxo já havia cumprido pena por roubo, estelionato e receptação

·1 minuto de leitura
Homem executado em SP já cumpriu pena por roubo e estelionato - Foto: Reprodução/TV Record
Homem executado em SP já cumpriu pena por roubo e estelionato - Foto: Reprodução/TV Record

Um homem foi executado dentro de um carro de luxo, em Itapecerica da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo. Ele havia cumprido pena por roubo a banco, estelionato e receptação. As informações são da TV Record.

O homem baleado dirigia o veículo de um amigo quando foi alvo dos disparos e morreu. Everton Oliveira, de 30 anos, não resistiu e morreu no local, antes da chegada dos médicos.

Segundo a emissora, havia no veículo outras três jovens com Everton e o amigo, uma delas seria até menor de idade.

Leia também

À polícia, nenhuma das quatro testemunhas do crime diz ter conseguido ver com clareza o rosto do atirador. Segundo eles, os suspeitos chegaram de moto, emparelharam com Everton e dispararam.

O dono do veículo também foi atingido com um tiro de raspão e passa bem. Ainda conforme apuração da emissora, as jovens e os rapazes se conheceram em uma balada, que teve início na noite de quarta-feira (21) e se estendeu por toda a madrugada da quinta-feira (22).

A versão das testemunhas pode apresentar alguma inconsistência já que o local apontado por elas como o local da festa é uma casa de shows que se encontra em obras. De acordo com a TV Record, não havia sinais de que algum evento tivesse sido realizado no espaço recentemente.

As testemunhas disseram que a vítima se envolveu em uma discussão com quatro homens, momentos antes de ser executado.

Agora, a polícia apura se o atrito nessa suposta festa tem alguma relação com a execução. O autor dos disparos ainda não foi identificado. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está a frente das investigações do caso.