Homem de confiança de Itair tem trabalho bem avaliado e segue na base do Cruzeiro

Yahoo Esportes
Amarildo Ribeiro apresenta o atacante Rafael Souza, que chegou para reforçar o time sub-20 do Cruzeiro (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Amarildo Ribeiro apresenta o atacante Rafael Souza, que chegou para reforçar o time sub-20 do Cruzeiro (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Amarildo Ribeiro chegou ao Cruzeiro em junho do ano passado, como diretor geral das categorias de base. A contratação partiu de Itair Machado, então vice-presidente da Raposa. Ambos têm uma relação próxima, desde o final dos anos 90. Amarildo foi diretor do Ipatinga durante a gestão de Itair Machado, quando a equipe do Vale do Aço foi campeã mineira, em 2005, e até chegou à Série A do Brasileirão, em 2008. Mesmo após a demissão de Itair, Amarildo segue normalmente no Cruzeiro.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Quando Itair Machado deixou o cargo de vice-presidente de futebol do clube, no começo de outubro, existia a expectativa de que outros diretores também fossem demitidos, especialmente os mais próximos ao ex-dirigente. E realmente Amarildo Ribeiro esteve perto de cair no Cruzeiro. Porém, antes da demissão, o trabalho do comandante da base foi avaliado por Zezé Perrella, o gestor do futebol celeste, que classificou a atuação de Ribeiro como boa.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

No entendimento da diretoria do Cruzeiro, Amarildo tem modernizado a base do clube. Ao todo são seis categorias sob responsabilidade do dirigente, desde o sub-12 até o sub-20. Entre as tarefas do diretor geral da base está a busca por talentos. A mais recente contratação foi o atacante Rafael Souza, de 18 anos, que assinou por três temporadas. O jogador estava no São Bernardo, de São Paulo, e chegou sem custos ao Cruzeiro.

“Trabalhamos para ter uma equipe júnior formada, em sua maior parte, por atletas mais jovens e com potencial, o que nos permite participar do processo final de formação destes jogadores. A contratação do Rafael segue esta prerrogativa, já que é um atacante de ótimo perfil e que está ainda em seu primeiro ano de sub-20”, disse Amarildo ao site oficial do clube.

Mesmo com o trabalho avaliado como bom, a base do Cruzeiro vai sofrer mudanças nos próximos meses. Zezé Perrella estuda algumas mudanças para reduzir os custos da formação de atletas. Um dos modelos analisados pelo dirigente é a diminuição de categorias no Cruzeiro, fazendo com que clubes parceiros ajudem nesse processo.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também