Holloway se oferece como reserva de Usman vs Colby e garante retorno aos pesos-leves

Max Holloway é apontado por muitos como o melhor peso-pena da história do MMA – Inovafoto

Em abril desta temporada, Max Holloway subiu de categoria para disputar o cinturão interino dos pesos-leves (70 kg) e não obteve sucesso – após cinco rounds diante de Dustin Poirier, o havaiano saiu derrotado por decisão unânime dos juízes. Mas se engana quem pensa que o revés foi suficiente para que ‘Blessed’ desistisse da empreitada. Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o campeão peso-pena (66 kg) do Ultimate garantiu seu retorno aos leves no futuro e ainda flertou com um possível debute nos meio-médios (77 kg) em grande estilo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

No dia 14 de dezembro, Max defende seu reinado entre os pesos-penas diante de Alexander Volkanovski, no UFC 245. No mesmo evento, provavelmente na luta principal da noite, Kamaru Usman e Colby Covington medem forças para definir o rei da categoria até 77 kg. E, mesmo com a considerável diferença de peso entre as duas divisões, Holloway se colocou à disposição para ser ‘um reserva de luxo’ do confronto, caso algum imprevisto aconteça com ‘Chaos’ ou com ‘The Nigerian Nightmare’.

“As pessoas sempre vão dizer que você deveria ter feito isso ou aquilo, mas nunca se sabe até que você lute. Estilos moldam as lutas. Diziam que eu era muito grande para os penas, então fui para os leves e disseram que eu era muito pequeno. É algo confuso. Quando tiver minha segunda chance nos leves, ou qualquer que seja a categoria, o mundo vai ser testemunha. Estamos com o poder total agora, mal posso esperar”, destacou o atleta havaiano, antes de revelar seus planos para o futuro.

“100% (voltarei aos leves). Tem futuro para mim na categoria de cima, apenas assistam. Essa primeira luta (contra o Poirier), não é sobre como se inicia uma caminhada, e sim como ela termina. Sou contratado como peso-pena e tenho o cinturão, não queria travar as pessoas e a divisão. Por isso retornei. Se eles me quiserem de volta nos pesos-leves, quem sabe? A luta principal do evento (UFC 245) é meio-médio. Nunca se sabe o que pode acontecer no dia da luta. Lutarei minha luta e se eles (UFC) precisarem de alguém para entrar lá e lutar às vésperas, ‘Blessed’ está aqui”, completou Max.

Apesar da declaração do campeão peso-pena, a possibilidade de ser um reserva de Usman vs Colby é muito remota. Afinal de contas, o havaiano teria que competir duas vezes na mesma noite – prática não adotada mais pelo Ultimate. Portanto, dentre as previsões de Holloway, a mais próxima de acontecer em breve é seu retorno para a divisão dos pesos-leves, em busca de um bicampeonato na liga de MMA mais famosa do planeta.

Leia também