Holloway nega preocupação com jogo de Aldo e pede: "Apenas apareça"

Florian Sadler

Max Holloway não está para brincadeira. Escalado para enfrentar José Aldo na luta principal do UFC 212, marcado para o dia 3 de junho, no Rio de Janeiro, o havaiano vem mostrando com declarações que seu foco está totalmente voltado para este confronto – e há muito tempo.

Dono do cinturão interino, assim que foi confirmada a luta contra Aldo, Holloway deu uma entrevista onde prometeu derrotar o brasileiro “no seu próprio reino”. Em conversa recente com o ‘FloCombat’, o americano relembrou a história e também aproveitou para cutucar mais uma vez o brasileiro.

“Isso significa tudo para mim. Eu disse isso e virou viral, mas negócios são negócios e esse negócio está crescendo agora. Eu peguei a oportunidade de ir ao reino dele e assumi isso. É isso que eu preciso fazer. Esse cara está levando isso para o pessoal, mas é isso aí. Ele pode levar isso do jeito que ele quiser, mas no fim das contas e terá que me ver lá dentro”, disse Holloway.

Sem saber o que é derrota desde 2013, o americano acumulou incríveis dez triunfos em sequência e isso garante a ele uma enorme confiança. Holloway ainda apontou para o lado psicológico de Aldo e se colocou acima dele neste quesito. Aproveitando para mais uma vez dar uma criticada no brasileiro que tem grande histórico de lesões que cancelam lutas, ele pediu para o campeão linear apenas aparecer no dia do evento.

“Não tenho preocupação alguma com o que ele deve ou não deve fazer. Todas essas coisas já foram ditas. Venha e vamos fazer isso. Quando isso vier para a luta, ele tem feito a mesma coisa por anos, mas tenho que detê-lo. Ele também terá que me parar. Quando vejo essas coisas dele é um sinal de que a cabeça dele não está no lugar certo. Ele está muito preocupado. Está perguntando para as pessoas para descobrir coisas ao invés de focar no que ele precisa fazer, porque, acredite em mim. que eu estou indo para ele no UFC 212”, afirmou.

“Não temos preocupação nenhuma. Nós apenas queremos que ele apareça no dia 3 de junho, porque eu estarei lá. Ele apenas precisa aparecer naquela maldita data e vamos fazer isso”, completou Holloway.