Holanda supera Qatar em ritmo de treino e avança em 1º no Grupo A da Copa

AL-KHOR, AK - 29.11.2022: HOLANDA X CATAR - GAKPO Cody da Holanda comemora após marcar gol durante partida entre Holanda x Catar, válida pela fase de grupos da Copa do Mundo, realizada no Estádio Al Bayt em Al-Khor, Catar. (Foto: Marcelo Machado de Melo /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 2301175
AL-KHOR, AK - 29.11.2022: HOLANDA X CATAR - GAKPO Cody da Holanda comemora após marcar gol durante partida entre Holanda x Catar, válida pela fase de grupos da Copa do Mundo, realizada no Estádio Al Bayt em Al-Khor, Catar. (Foto: Marcelo Machado de Melo /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 2301175

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Holanda não encontrou dificuldade diante do frágil anfitrião da Copa do Mundo, o Qatar, ganhou por 2 a 0 e assegurou a primeira colocação do Grupo A, com 7 pontos (duas vitórias e um empate).

Os gols da equipe dirigida por Louis van Gaal, que dominou amplamente a posse de bola (63% x 37%) e atuou em ritmo de treino, poupando a parte física, saíram um em cada tempo.

Na primeira etapa, Cody Gakpo, principal nome da seleção laranja até aqui na Copa, chutou da entrada da área e abriu o marcador no estádio Al Bayt, em Al Khor.

O atacante de 23 anos do PSV Eindhoven chegou a três gols no Mundial –um em cada jogo– e se tornou um dos artilheiros, junto com o francês Mbappé e o equatoriano Enner Valencia.

No segundo tempo, Frenkie de Jong, volante do Barcelona, apareceu no ataque e ampliou, em conclusão de dentro da pequena área depois de grande defesa, parcial, do goleiro Barsham em chute à queima-roupa de Memphis Depay.

O placar poderia ter sido mais dilatado, já que o atacante Berghuis também marcou, só que o gol foi anulado depois que o VAR (árbitro assistente de vídeo) verificou que Gakpo tocou com o braço na bola durante a construção da jogada.

Os holandeses, vice-campeões do mundo em 1974, 1978 e 2010, tentam realizar no Qatar, e por enquanto conseguem, um bom papel na sua volta a uma Copa, já que não se classificaram para a da Rússia, em 2018.

A segunda posição no Grupo A, cujos classificados enfrentarão quem avançar no Grupo B –que tem Inglaterra, Irã, EUA e País de Gales–, ficou com o Senegal, que derrotou o Equador (2 a 1).

O Qatar, com três derrotas em três partidas, registrou a pior campanha de um anfitrião na história das Copas do Mundo.

A primeira foi disputada em 1930, no Uruguai, e esta é a 22ª edição.

*

HOLANDA

Noppert; Timber, Van Dijk e Aké; Dumfries, De Roon (Teun Koopmeiners), De Jong (Kenneth Taylor) e Blind; Klaassen (Steven Berghuiss); Gakpo (Wout Weghorst) e Memphis (Vincent Janssen).

QATAR

Barsham; Mohamad (Musaab Khidir), Pedro Miguel, Khoukhi, Hassam e Ahmed; Madibo (Karim Boudiaf), Al Haydos (Ali Assadalla) e Hatem (Ahmed Alaaeldin); Akram Afif e Almoez Ali (Mohammed Muntari).

Estádio: Al Bayt, em Al Khor (Qatar)

Quando: Às 12h (de Brasília) desta terça-feira (29)

Árbitro: Bakary Gassama (Gâmbia)

VAR: Redouane Jiyed (Marrocos)

Gols: Cody Gakpo, aos 27' do 1ºT, Frenkie De Jong, aos 4' do 2ºT (Holanda).

Cartões amarelos: Nathan Aké (Holanda)