Holanda e Senegal se enfrentam nesta segunda pelo Grupo A

SÃO PAULO, SP (AGÊNCIA BRASIL/FOLHAPRESS) - Após ficar de fora da Copa da Rússia, a Holanda retorna a um Mundial com uma equipe renovada. Se em 2014 a equipe europeia brilhou em gramados brasileiros, capitaneada por Robin Van Persie e Arjen Robben, nesta edição as esperanças recaem no zagueiro Van Dijk (Liverpool) e no atacante Depay (Barcelona).

O primeiro confronto dos holandeses será contra o Senegal, nesta segunda-feira (21), às 13h (de Brasília), no Al Thumama, em Doha, pelo Grupo A.

Em sua 11ª participação em mundiais, a seleção holandesa será comandada por um técnico experiente: Louis Van Gaal, que liderou times como Barcelona, Manchester United, Ajax e Bayern de Munique.

A Holanda já esteve bem perto de levantar o troféu mundial, mas acabou sendo vice-campeã nas edições de 1974, 1978 e 2010. A equipe é a oitava colocada no ranking da Fifa.

O Senegal chega ao Qatar como uma das equipes de menor tradição em mundiais, mas que promete ser uma das atrações mais interessantes. Mas, para fazer uma boa campanha, terá de lidar com o desfalque de última hora de sua grande estrela: Sadio Mané.

O atacante do Bayern de Munique é a grande referência técnica dos Leões de Teranga. Porém, uma lesão na perna direita o levou a ser cortado da equipe. Com isso, as grandes esperanças da equipe passam a ser o goleiro Édouard Mendy e o zagueiro Kalidou Koulibaly (ambos do Chelsea).

Sem Mané, o técnico senegalês Aliou Cissé convocou o defensor Moussa N’Diaye, que atua pelo Anderlecht, da Bélgica.

Apesar de esta ser apenas a terceira Copa dos Leões de Teranga, a equipe chega muito motivada após conquistar sua primeira Copa Africana das Nações. Em Mundiais, a melhor campanha foi em 2002, na estreia, quando se classificou às quartas de final. O Senegal é o número 18 no ranking da Fifa.

A seleção senegalesa pode ir a campo inicialmente com: Édouard Mendy; Name, Koullibaly, Diallo e Ballo-Touré; Nampalys Mendy, Gueye e Papa Matar Sarr; Ismaila Sarr, Boulaye Dia e Krépin Diatta.

Entre os comandados de Van Gaal, o destaque Memphis Depay, do Barcelona, deve começar a partida no banco, pois ainda se recupera de uma lesão na coxa esquerda. Uma possível escalação inicial da Holanda tem: Remko Pasveer; Jurrien Timber, Virgil Van Dijk e Nathan Aké; Denzel Dumfries, Teun Koopmeiners, Luuk De Jong e Daley Blind; Cody Gakpo; Vincent Janssen e Steven Bergwijn

Estádio: Al Thumama, em Doha (Qatar)

Horário: Às 13h (de Brasília) desta segunda-feira (21)

Árbitro: Wilton Sampaio (Brasil)

VAR: Juan Soto (Equador)

Transmissão: Globo, SporTV, Globoplay e youTube (CazéTV)