Hoffenheim demite técnico Alfred Schreuder por "diferenças de opinião"

AFP
O técnico Alfred Schreuder, do Hoffenheim, havia perdido apenas uma vez desde que a Bundesliga retornou após sua paralisação devido ao coronavírus
O técnico Alfred Schreuder, do Hoffenheim, havia perdido apenas uma vez desde que a Bundesliga retornou após sua paralisação devido ao coronavírus

O Hoffenheim anunciou nesta terça-feira a saída de seu técnico, o holandês Alfred Schreuder, por "diferenças de opinião sobre a orientação do clube".

Schreuder, de 47 anos, tinha contrato até 2022 para comandar a equipe, que atualmente está em sétimo na classificação da Bundesliga, em plena luta pela classificação para a próxima Liga Europa.

Dick Schreuder, seu irmão e assistente, também vai deixar o clube.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Alfred Schreuder assinou com o Hoffenheim em 2019, vindo do Ajax, onde foi auxiliar de Erik Ten Hag. De 2015 a 2018, já havia sido auxiliar-técnico do Hoffenheim, com Huub Stevens primeiro e depois com Julian Nagelsmann.

"Não é raro, na vida profissional, ter opiniões diferentes. Temos que ser sinceros uns com os outros e tirar as conclusões", disse o treinador.

Até o final da temporada, vários membros do clube vão compartilhar as responsabilidades de técnico.

A Bundesliga foi retomada em meados de maio, depois de dois meses interrompida devido à pandemia de coronavírus.

O Hoffenheim disputou cinco jogos desde então, com um recorde de duas vitórias, dois empates e uma derrota.

Faltando quatro rodadas para o final do torneio, o Hoffenheim está a dois pontos da zona europeia, marcada por Wolfsburg, que ocupa o sexto lugar no momento.

Leia também