Hockenheim está fora dos planos para sediar corrida da F1 em 2020

Stefan Ehlen
motorsport.com

Hockenheim revelou que agora está fora de disputa para realizar uma corrida de Fórmula 1 neste ano, por causa dos limites estritos do número de pessoas que poderiam comparecer.

O circuito alemão foi um dos principais candidatos a ganhar uma vaga no ‘lote europeu’ neste ano, enquanto os chefes da F1 tentam complementar o calendário.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

Nurburgring, Ímola e Portimão farão parte do calendário da F1 em 2020, diz siteInspecionada pela FIA, Ímola fica próxima de retornar ao calendário da F1

Mas, apesar das longas conversas com a Liberty Media, sobre a possibilidade de sediar uma corrida no final deste ano como parte de uma sequência tripla em outubro com Ímola e Portimão, Hockenheim encerrou as negociações porque era impossível garantir que fãs suficientes pudessem entrar no local.

A F1 espera que os fãs possam voltar às corridas até setembro, com o plano atual de permitir que os espectadores possam voltar no GP da Rússia. As restrições locais em vigor na região de Hockenheim, que limitam reuniões, dificilmente serão normalizadas a curto prazo, e isso significa que o circuito não tem chance de obter sinal verde para uma corrida.

O diretor de Hockenheim, Jorn Teske, disse ao Motorsport.com: “Hoje, para uma corrida em potencial em outubro, não podemos assumir que um evento com mais de 500 espectadores será possível.”

"Portanto, do ponto de vista econômico, isso nos torna menos atraentes para a Fórmula 1 do que outras pistas onde são permitidos eventos com fãs sob certas condições.”

“Não será possível atender à nossa oferta, que seria realizar um GP nas circunstâncias especiais da crise do coronavírus.”

Com Hockenheim fora do caminho, Nurburgring agora poderia ocupar a vaga no GP da Alemanha, mas há dúvidas sobre se a realização de uma corrida em outubro seria viável por causa do mau tempo.

No entanto, as restrições aos espectadores naquela região estão mais relaxadas, o que significa que a Liberty poderia continuar com a ideia de um evento que inclua fãs.

Um porta-voz do circuito disse ao Motorsport.com: “Não há nada a relatar no momento. As discussões entre a Fórmula 1 e Nurburgring ocorreram várias vezes desde o último evento em 2013.”

“Conversamos novamente este ano. Como sempre enfatizamos no passado, a corrida da [Fórmula 1] também deve fazer sentido econômico para Nurburgring."

Foto 'viralizada' de Norris ilustra como McLaren saiu do buraco na F1; Ricardo Penteado explica

PODCAST: O debate de fãs e haters sobre domínio de Hamilton e participação de Eric Granado

Your browser does not support the audio element.

Leia também