Histórico! Fluminense se torna segundo brasileiro a vencer Boca e River na Argentina

·1 minuto de leitura

Quando contrariou a matemática em 2009, o Fluminense ensinou ao mundo do futebol que duvidar dele nunca é um bom negócio. Na noite desta terça-feira (25), o Tricolor aplicou mais uma lição em quem questionou a sua predestinação para fazer história.

Precisando vencer o River Plate na Argentina para classificar às oitavas de final da Libertadores sem depender de outros resultados, o time das Laranjeiras emplacou sua melhor atuação no ano - especialmente nos primeiros 45 minutos de jogo -, e venceu por 3 a 1, garantindo a primeira colocação do chamado 'grupo da morte' da competição.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A vitória no Monumental - construída através dos gols de Caio Paulista, Nenê e Yago Felipe -, colocou o Fluminense em um seletíssimo rol que, até o início da noite de hoje, só contava com um outro clube: o Cruzeiro. Tricolor Carioca e Raposa são os únicos clubes brasileiros que já venceram os dois maiores clubes da Argentina, River Plate e Boca Juniors, no Monumental e na Bombonera. O Palmeiras também venceu os dois gigantes em solo 'inimigo', mas o duelo contra os Millonarios, na edição passada, foi disputado no estádio do Independiente (Libertadores de América).

Com 11 pontos totais, o Tricolor das Laranjeiras se classificou às oitavas como primeiro colocado de chave. O River Plate estacionou nos 9 pontos, avançando na segunda posição, graças ao tropeço do Junior Barranquilla contra o Santa Fé.