Hewitt critica desistência de Kyrgios da United Cup: 'Duro para todo mundo'

Davis Cup Finals


Capitão da Austrália e ex-número 1 do mundo, Lleyton Hewitt disse ter sido pego de surpresa com a ausência de última hora de Nick Kyrgios da equipe na United Cup. O tenista alegou lesão e saiu na véspera do início.

Após a derrota de Alex de Minaur por um duplo 6/3 para Cameron Norrie e o resultado abaixo de 2 a 0 contra a Grã-Bretanha em Sydney, ele comentou sobre o episódio: "Eu estava no mesmo barco que todos os outros jogadores ontem, então eu não sabia mais nada. Isto
foi muito difícil para todos. Foi mais provavelmente a falta de comunicação, eu acho,
e para esses caras não saberem. Eu acho que para toda a equipe foi difícil não saber o que estava acontecendo nas últimas 24 horas", apontou Hewitt que continuou.

"É mais justo, sim, a comunicação, e apenas, se fosse apenas Nick, esse é um
coisa, mas quando gira (competição) em torno da equipe e outros pessoas e acho que a preparação deles para, você sabe, eles querem jogar o melhor que puderem, não apenas
neste evento, mas também levando ao Aberto da Austrália, então, sim, essa é provavelmente a coisa mais difícil".

Ao ser perguntado o que melhoraria na comunicação, Hewitt criticou a falta de resposta de Kyrgios: "Provavelmente só responder. É algo normal a ser fazer", disse: "Demorou um pouco sim (a responder)".