Herta puxa trinca de novatos no TL1 em Laguna Seca. Rossi é último

GABRIEL CURTY

O primeiro treino livre da Indy em Laguna Seca não foi dos melhores para os candidatos ao título. O top-3, aliás, foi dominado por outra briga, a do prêmio de novato do ano, com Colton Herta levando a melhor contra Felix Rosenqvist e Santino Ferrucci, virando 1min10s734.
Na briga nobre do campeonato, a pelo título do campeonato, pouquíssima coisa foi relevante. Na verdade, chamou a atenção o fato de Alexander Rossi ter tido problemas e ficado em último com apenas duas voltas completadas.
Na dupla postulante da Penske, a impressão nítida de que estavam escondendo jogo. Simon Pagenaud foi sexto colocado sem forçar muito, bem como Josef Newgarden, favorito ao caneco, que foi nono meio que ao natural. Scott Dixon, que precisa de um milagre para ser hexa, fechou em 14º.
Voltando aos líderes da sessão, Will Power ficou com o quarto lugar, com Zach Veach surpreendendo em quinto. Sébastien Bourdais foi sétimo, Spencer Pigot ficou logo atrás e Matheus Leist colocou a Foyt fechando o top-10. Tony Kanaan teve a 17ª marca.

Colton Herta liderou o TL1 (Foto: Indycar)

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Saiba como foi o TL1 em Laguna Seca

A Indy finalmente voltou oficialmente ao circuito de Laguna Seca às 14h30 (em Brasília). Depois de testes realizados na quinta-feira, o TL1 veio com 24 pilotos, mas teve 10 primeiros minutos de marasmo absoluto.

As Carlin de Max Chilton e Charlie Kimball registraram as primeiras marcas, mas ambas acima de 2min30s, ou seja, praticamente desfilaram na pista, em velocidade de volta de apresentação. Aí vieram Santino Ferrucci e Felix Rosenqvist, os dois que brigam pelo posto de novato do ano, virando em sequência em 1min16s, 1min14s, 1min11 e, finalmente, ambos em 1min10s, com o sueco em ligeira vantagem.

Colton Herta e Marcus Ericsson entraram para o bolo na sequência, mas a sessão chegava já na metade com apenas cinco carros com voltas rápidas e Rosenqvist ainda na frente com 1min10s8.

A coisa começava finalmente a engrenar, a pista era tomada por mais de 15 carros e Rosenqvist e Ferrucci ganhavam a concorrência de Herta, Power e Veach, mas veio uma bandeira vermelha para atrpalhar tudo. Era Tony Kanaan, rodando na curva 11 quando ocupava a décima colocação. Ali, já restavam menos de 20 minutos de TL1.

Felix Rosenqvist andou forte (Foto: Indycar)

A bandeira verde voltou com o cronômetro na regressiva dos 15 minutos e Spencer Pigot e Ryan Hunter-Reay logo melhorando suas marcas, ainda que estivessem fora do top-10. Chamava a atenção que, dos três candidatos ao título, só Pagenaud tinha uma volta competitiva, em sexto.

Newgarden finalmente encaixava uma sequência de voltas para subir para nono, mas andando com consistência, mostrando que tinha como ir para frente. Rossi, por outro lado, dava apenas duas voltas e voltava aos boxes para longos acertos.

O TL1 estava quase entrando no minuto final quando Herta resolveu bagunçar as coisas. O novato se meteu na briga de Rosenqvist e Ferrucci e cravou 1min10s734, assumindo a dianteira. E, no giro seguinte, no estouro do relógio, o próprio Colton atravessou o carro na curva 8 e puxou a bandeira vermelha do fim da sessão.

Indy 2019, GP de Laguna Seca, TL1:

1

C HERTA

Harding Honda

1:10.734

 

13

2

F ROSENQVIST

Ganassi Honda

1:10.805

+0.071

18

3

S FERRUCCI

Dale Coyne Honda

1:10.884

+0.150

16

4

W POWER

Penske Chevrolet

1:11.002

+0.268

12

5

Z VEACH

Andretti Honda

1:11.082

+0.348

13

6

S PAGENAUD

Penske Chevrolet

1:11.152

+0.418

12

7

S BOURDAIS

Dale Coyne Honda

1:11.158

+0.424

10

8

S PIGOT

Carpenter Chevrolet

1:11.238

+0.504

9

9

J NEWGARDEN

Penske Chevrolet

1:11.246

+0.512

9

10

M LEIST

Foyt Chevrolet

1:11.270

+0.536

11

11

M ANDRETTI

Andretti Honda

1:11.283

+0.549

8

12

M ERICSSON

SPM Honda

1:11.302

+0.568

13

13

M CHILTON

Carlin Chevrolet

1:11.411

+0.677

13

14

S DIXON

Ganassi Honda

1:11.445

+0.711

8

15

R HUNTER-REAY

Andretti Honda

1:11.453

+0.719

8

16

C KIMBALL

Carlin Chevrolet

1:11.547

+0.813

10

17

T KANAAN

Foyt Chevrolet

1:11.624

+0.890

5

18

T SATO

RLL Honda

1:11.677

+0.943

12

19

J HARVEY

Meyer Shank Honda

1:11.745

+1.011

10

20

C DALY

Andretti Honda

1:11.932

+1.198

10

21

G RAHAL

RLL Honda

1:12.004

+1.270

9

22

J HINCHCLIFFE

SPM Honda

1:12.013

+1.279

10

23

E JONES

Carpenter Chevrolet

1:12.160

+1.426

13

24

A ROSSI

Andretti Honda

1:12.993

+2.259

4


 


Apoie o GRANDE PRÊMIO : garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.


Leia também