Herta classifica vitória em Austin como "surreal" e fala em repetir a dose em Barber: "Uma só não é mais suficiente"

Redação GP
Grande Prêmio

Colton Herta venceu de forma improvável sua primeira prova na Indy. Neste domingo (24), em Austin, o americano completou um ótimo final de semana com a Harding tendo bom ritmo, ótima pilotagem e também uma boa dose de sorte, quebrando o recorde de mais jovem vitorioso da história da categoria. 

Colton admitiu, inclusive, que não imaginava que pudesse vencer, mas, como o triunfo saiu, agora não quer mais parar. Herta começou falando de como a corrida mudou no terço final. Com o ritmo caindo, o piloto de apenas 18 anos sabia que não teria como buscar Will Power e Alexander Rossi em condições normais.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Não achava que isso fosse acontecer. Will e Rossi tinham vantagem em cima da gente, então eu achava que o meu limite era o pódio sem uma bandeira amarela. Veio a bandeira amarela. Só que mesmo se a gente fosse terceiro estaria ótimo, o pessoal fez um grande trabalho, inclusive nos boxes", disse. 

Colton Herta venceu em Austin (Foto: IndyCar)




Veio a bandeira amarela pelo incidente entre James Hinchcliffe e Felix Rosenqvist e, mesmo assim, Herta não tinha certeza da vitória, justamente pela queda na performance. O americano, então, tratou de voar nas primeiras voltas com bandeira verde.

"Relargamos e estávamos bem rápidos, escapei na frente. Consegui minha melhor volta logo na primeira depois da amarela, foi uma loucura os pneus estarem tão bons assim. Mesmo assim, não estava ainda tão confiante, sinceramente. Achava que poderiam me alcançar e aí seria de novo brigar por pódio. Não tinha feito nenhuma relargada com macios frios antes dessa", seguiu.

Agora que desencantou tão cedo na Indy, Herta já pensa em mais. O americano deixou claro que quer repetir a dose em Barber, outro traçado misto.

"Foi bem legal vencer essa corrida. A primeira em Austin, o mais novo vencedor, são coisas que sempre irei lembrar. Entrei num grupo seleto, agora irei viver e morrer como um vencedor de corrida na Indy, o que é espetacular. E melhor ainda pela idade, parece surreal. Agora já fui picado pelo bichinho, uma corrida não é mais o suficiente. Quero mais uma em Barber, estou ansioso para voltar para a pista", completou.


Herta saltou para a vice-liderança do campeonato com dois top-8 em suas duas primeiras provas na Harding em 2019. O americano tem 75 pontos, 18 a menos que Josef Newgarden.

Leia também