Herói do Verdão na Libertadores, Felipão mais perdeu do que ganhou do Corinthians

Yahoo Esportes
<em>Treinador fará seu 29º dérbi neste domingo, o primeiro no Allianz (Djalma Vassão/Gazeta Press)</em>
Treinador fará seu 29º dérbi neste domingo, o primeiro no Allianz (Djalma Vassão/Gazeta Press)

A presença de Luiz Felipe Scolari no banco de reservas para o clássico deste domingo, contra o Corinthians, deve encher o torcedor palmeirense de otimismo. Afinal, o gaúcho era o comandante do Verdão nos dois confrontos memoráveis contra o rival, pela Libertadores da América, em 1999 e 2000. Porém, o retrospecto de Felipão diante do Timão é negativo.

Não acredita? Pois saiba que ele tem mais derrotas do que vitórias nos dérbis paulistas. São nove triunfos, contra dez tropeços. Ainda houve outros nove empates.

E o saldo de Felipão não é desvantajoso apenas diante do Corinthians. Levando em consideração todos os jogos do Palmeiras sob seu comando contra Timão, São Paulo e Santos, são 20 vitórias, 22 empates e 24 derrotas, com cem gols marcados e cem gols sofridos.

Desde seu retorno ao Palmeiras, Felipão ainda não disputou clássicos. Desta maneira, ele fará sua estreia no Allianz Parque em um jogo desse tipo. Nos 28 enfrentamentos com o Corinthians, 17 foram no Morumbi, oito no Pacaembu, além de um no Santa Cruz (em Ribeirão Preto-SP), um no Prudentão (em Presidente Prudente-SP) e outro na Fonte Nova (em Salvador-BA).

Apesar do retrospecto ruim, o momento joga todo a favor de Big Phill neste domingo, depois de sete vitórias, dois empates e uma única derrota a desde que substituiu Roger Machado. O Palmeiras é o único clube brasileiro com chances reais de conquistar o título da Libertadores, da Copa do Brasil e da Série A – em caso de vitória nesta rodada, a diferença para o líder do Brasileirão volta para três pontos.

Já o Corinthians vive sua fase mais conturbada em 2018. Após a derrota para o Ceará, na quarta-feira, Osmar Loss acabou perdendo o cargo de técnico. O Timão havia sido eliminado da Libertadores e tem ficado cada vez mais longe do G6 no Brasileirão – hoje, a diferença para o Atlético-MG é de oito pontos.

FELIPÃO NO PALMEIRAS x CORINTHIANS:
– 28 jogos
– 9 vitórias
– 9 empates
– 10 derrotas
– 43% de aproveitamento dos pontos

DÉRBIS DE FELIPÃO NA LIBERTADORES:

– 1999: 
Palmeiras e Corinthians se enfrentaram nas quartas de final com dois jogos no Morumbi. Na ida, o Verdão venceu por 2 a 0, com gols de Oséas e Rogério. Na volta, foi a vez do Timão repetir o placar, com Edilson e Ricardinho. Na disputa por pênaltis, 4 a 2 para o time de Felipão – Dinei e Vampeta perderam suas cobranças, permitindo que o Verdão avançasse rumo ao inédito título continental.

– 2000
Felipão e companhia repetiram a dose contra o Corinthians um ano depois, desta vez na semifinal da Libertadores. E, de novo, nos pênaltis. O Timão ganhou o 1º jogo por 4 a 3, mas perdeu o 2º por 3 a 2. Nas penalidades, uma das imagens mais vistas na história dos dérbis: o goleiro Marcos pegando o pênalti de Marcelinho e garantindo o triunfo por 5 a 4, além da vaga na grande final.

Leia também