Herói na Copa América, Emiliano Martínez cresce na Copa do Mundo


Uma defesaça nos acréscimos do segundo tempo de Emiliano Martínez garantiu a Argentina nas quartas de final da Copa do Mundo 2022. Embora não tenha trabalhado muito nos primeiros jogos da competição, o goleiro foi decisivo no momento em que foi exigido.

Com uma trajetória pouco comum no futebol, Dibu, como é apelidado carinhosamente pelo elenco dirigido por Lionel Scaloni, começou a ganhar oportunidades com a camisa Albiceleste em 2021. Tudo por conta de boas atuações com a camisa do Arsenal após uma lesão de Leno, até então titular nos Gunners.

Após bons jogos com a equipe do norte de Londres, Martínez se transferiu para o Aston Villa, onde se consolidou como um dos melhores jogadores da posição na Premier League. E ao fim da primeira temporada com a equipe de Birmingham, às vésperas da Copa América 2021, o atleta assumiu o posto de titular da Argentina.

+ Veja as marcas que Messi vem batendo na Copa do Mundo

Na principal competição de seleções da América do Sul, Dibu foi peça chave na conquista do título que encerrou o jejum de conquistas da Albiceleste que durava 28 anos. Na semifinal contra a Colômbia, o atleta foi peça chave na disputa de pênaltis com três defesas que garantiram sua seleção na decisão.

Em 22 partidas com a Argentina, Emiliano Martínez foi vazado em apenas nove partidas. O camisa 23 transmite uma confiança que há muito tempo os torcedores não sentiam na posição. Após um período com Pato Abbondanzieri, Sergio Romero e Franco Armani, os "hinchas" podem respirar aliviados e podem dizer que, hoje, tem goleiro.

Na Copa do Mundo, Dibu não vem sendo muito exigido. Em cinco bolas que foram na direção da meta, a Albiceleste sofreu três gols (dois contra a Arábia Saudita e um contra a Austrália). Contra o México, o goleiro fez uma defesa chave em uma cobrança de falta de Alexis Vega, não teve culpa no gol da equipe da Oceania por conta do desvio em Enzo Fernández e fez uma defesa chave em chute de Garang Kuol.

- É minha primeira Copa do Mundo, trato de fazer o melhor que posso. Estou tranquilo dentro de campo e isso é o mais importante - disse o arqueiro após garantir sua equipe nas quartas de final da competição.

Após muitos anos longe dos holofotes do futebol, Emiliano Martínez joga, em cada partida da Copa do Mundo, seu confronto mais importante da vida. O duelo contra a Holanda será decisivo, mas o veterano está acostumado com decisões nos últimos anos tendi sido chave nos últimos títulos do Arsenal de FA Cup e Supercopa da Inglaterra, mas principalmente na Copa América com a Argentina.

Argentina x Austrália - Defesa de Martínez
Argentina x Austrália - Defesa de Martínez

Martínez fez defesa que salvou a Argentina contra a Austrália (GLYN KIRK / AFP)