Herói do Japão contra a Alemanha, goleiro diz que sequência de quatro defesas 'foi no susto'

Gonda foi eleito pelos torcedores japoneses como o melhor jogador em campo na quarta (Foto: Divulgação/JFA)


Considerado pelos próprios torcedores do Japão o melhor em campo na história vitória de virada por 2 a 1 sobre a Alemanha, na quarta-feira (23), o goleiro Shuichi Gonda foi colher os louros no dia seguinte a um dos resultados mais surpreendentes da atual Copa do Mundo. Entretanto, apelou para a sinceridade ao comentar a sua atuação.


+ TUDO O QUE ROLA NO QATAR: Acompanhe o dia a dia das seleções e as notícias mais importantes da principal competição esportiva

Gonda foi o autor de uma série de quatro defesas seguidas durante um ataque alemão quando a partida já estava com o placar em vantagem para os nipônicos. O lance foi 'puramente no susto', segundo ele.

- Eu estava desesperado - brincou o jogador de 33 anos.

- Dei uma cobrança de pênalti para a Alemanha e o plano que havíamos traçado para o time no início tinha dado errado. Eu mesmo estava muito nervoso, não conseguindo fazer direito minha punica razão de existir, que é parar os chutes - completou o arqueiro.

Humildade pura, visto que Gonda, muito além do lance cinematográfico foi um dos principais responsáveis por frear o ataque alemão durante boa parte da partida.

Apesar do destaque individual, o goleiro aproveitou para enaltecer o fato dos gols da vitória terem vindo de jogadores do banco de reservas.

- No jantar do dia anterior, quando já sabíamos a escalação, os reservas falavam que entrariam e marcariam gols. Acho que esse tipo de sentimento foi o fator que mudou o rumo, e acho que foi uma partida que provou que a seleção do Japão está jogando com 26 jogadores.

+ Por dentro do mercado! Saiba clube a clube como estão as buscas por reforços
> Confira a tabela e simule resultados da Copa do Mundo-22 do Qatar
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE