Herói em 1990, Tupãzinho destaca a importância daquele título brasileiro para o Corinthians: 'Mudou tudo'

Alexandre Guariglia
·2 minuto de leitura


Há exatamente 30 anos, em 16 de dezembro de 1990, o Corinthians mudava os rumos de sua história e conquistava o seu primeiro Campeonato Brasileiro, que definitivamente alterou o status do clube nacional e internacionalmente. Naquele dia, o Timão bateu o São Paulo por 1 a 0 e garantiu o título. O gol que valeu o troféu foi marcado por Tupãzinho, o "Talismã da Fiel", que conversou com o LANCE! e explicou a importância daquele momento para o corintiano.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> 30 anos do Brasileirão de 1990: relembre o que o Corinthians conquistou desde então

Aos 22 anos, Tupãzinho era titular do ataque alvinegro e era conhecido por marcar gols no fim das partidas, por isso o apelido de "talismã". Na parida de volta da final, porém, ele balançou a rede antes dos dez minutos do segundo tempo, mas ficou marcado para sempre por ter sido o responsável pelo tento que rendeu a taça mais importante da história do clube até aquele momento.

- Foi um título inédito, que todo mundo batalhou para conquistar, foi uma coisa que aconteceu na minha vida que eu nem esperava, até hoje sou reconhecido pelo título e a amizade entre os jogadores daquele plantel continua a mesma. Então a gente só tem a agradecer por fazer parte daquele elenco maravilhoso, conquistando um título inédito para o Corinthians. Só tenho a agradecer, hoje sou reconhecido por aquele título e aquele gol que eu fiz na final - afirmou.

Até então, o Corinthians só havia conquistado títulos regionais e ainda não havia quebrado a barreira dos troféus nacionais e internacionais. Dessa forma, o Brasileirão de 1990 acabou sendo um marco para a história do clube, um divisor de águas que desencadeou uma série de conquistas depois. Ao todo, o Timão levou 26 taças, entre elas mais brasileiros, mundiais e uma Libertadores.

- Agora que a gente vê que ninguém esqueceu desse título, foi importantíssimo para o Corinthians começar a disputar Libertadores, conquistar mais brasileiros, depois desse primeiro título mudou tudo, tanto para o clube quanto para a gente, foi importantíssimo. Eu fiquei lá até 1997, não tive oportunidade de jogar em 1998 e 1999, mas com certeza esse primeiro título foi um divisor de águas. Tanto para nós jogadores, quanto para o clube. Foi excelente.

Atualmente. aos 52 anos, Tupãzinho segue a carreira de treinador de futebol no interior de São Paulo. Na Copinha deste ano treinou a equipe do Marília.