Henry rejeita comparações com Mbappé, mas elogia: 'Oh, se é bom!

Não só na França, mas Europa afora: Mbappé é o nome que todos falam atualmente. Aos 18 anos, a joia que começou como promessa no Monaco se afirmou de uma tal forma que muitos o apontam como o sucessor de Henry, que também iniciou a carreira no time do Principado.

Em recente entrevista ao jornal "L'Équipe", o próprio Henry foi confrontado com estas comparações e reagiu de forma negativa, porém rasgou elogios ao jovem.

- O Mbappé tem que pensar em tornar-se o Mbapé, ponto final. Mas oh, se ele é bom! Já o encontrei uma vez e falei com ele. Porém, há uma coisa que me irrita: só se fala que ele é rápido ou tem boa impulsão. Quando olho para o drible dele vejo que ele pensa, usa o cérebro. Para mim esse é o traço de um jogador que pode chegar longe - afirmou Henry, que hoje é auxiliar-técnico da seleção belga.

Badalado, Mbappé já soma 19 gols em 32 jogos nesta temporada. Insinuante, a estrela da equipe de Leonardo Jardim colaborou muito na heroica classificação às quartas de final da Liga dos Campeões, quando bateu o Manchester City.

Já em relação à seleção, Mbappé se tornou o jogador mais jovem a vestir a camisa dos Les Bleus em mais de 60 anos, no último sábado, diante de Luxemburgo, pelas Eliminatórias. Nesta terça-feira, ele, que saiu do banco e atuou por 30 minutos em sua estreia, pode ter mais chances, já que os franceses encaram a Espanha em amistoso.







Mbappé - Luxemburgo x França

Saiu do banco: Mbappé em ação pela França (Foto: Franck Fife / AFP)

E MAIS: