Henry Cejudo provoca e manda ex-campeão do UFC se ajoelhar; entenda

Cejudo diz ter vantagem sobre o UFC e pede Edgar ou Cruz em sua próxima luta
Cejudo diz ter vantagem sobre o UFC e pede Edgar ou Cruz em sua próxima luta

Campeão de duas categorias do UFC, Henry Cejudo segue sem data para retornar ao octógono enquanto se recuperar da lesão sofrida diante de Marlon Moraes em sua última apresentação. No entanto, o americano se esforça para manter seu nome na mídia.

Polêmico, Cejudo, que recentemente desafiou Valentina Shevchenko para um duelo entres os campeões pesos-moscas (57 kg), voltou a mirar duelos realmente possíveis contra rivais de sua divisão. Porém, ele provocou Dominick Cruz, ex-campeão dos pesos-galos (61 kg) do UFC que não luta desde dezembro de 2016.

Através de sua conta em redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Cejudo ironizou TJ Dillashaw antes de pedir para Cruz, caso pense em enfrentá-lo, se ajoelhar antes de tomar qualquer atitude. Para isso, ele usou seus três cinturões do UFC e criou uma analogia em que eles eram crianças ouvindo a narrativa do “papai”.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Filhos, papai vem lutando contra caras difíceis. (…) Eu quero uma luta fácil. Quero alguém que eu possa quebrar. No wrestling chamamos isso de ‘peixe’. (…) Dominick Cruz, não sei como você se chama o melhor de todos se você nem é o melhor do Arizona. Se ajoelhe para mim”, provocou.

Sem competir desde dezembro de 2016, quando perdeu o cinturão dos galos para Cody Garbrandt, Cruz é um dos atletas mais vitoriosos da história da categoria. No entanto, seguidas lesões causaram diversos cancelamentos de combates em sua carreira. Aos 33 anos, o americano acumula cartel com 22 vitórias e apenas duas derrotas.

 

View this post on Instagram

 

Bend the knee!

A post shared by Henry Cejudo (@henry_cejudo) on Aug 26, 2019 at 10:44pm PDT


Leia também