Henrique Dourado minimiza atraso em retorno ao Rio

Após ter o voo cancelado, a delegação do Fluminense finalmente chegou ao Rio de Janeiro, nesta sexta-feira. Com isso, os jogadores vão ter um dia menos na preparação visando a final da Taça Guanabara, neste domingo, contra o Flamengo. O atacante Henrique Dourado minimizou o atraso e viu até um lado positivo.

“Tivemos um momento de descanso, tem hora de carteado, de brincadeira. É claro que foi cansativo, uma maratona, mas confesso para vocês que foi bom, foi diferente, mas positivo para o grupo. Nós fizemos essas horas virarem minutos. Foram momentos bacanas. Conseguimos fazer com que passasse rápido”, disse o atacante.

Henrique Dourado lamentou que o clássico na decisão do primeiro turno do Campeonato Carioca poderá ser disputado com torcida única no estádio Nilton Santos. O atacante espera a reversão da liminar para ver uma grande festa no fim de semana.

“Vi que está uma confusão se vai ter torcida mista ou não vai. É triste um Fla-Flu não ter as duas torcidas. É chato não só para nós, como para o futebol brasileiro. Espero que as duas torcidas possam ir, em paz, e que façam um grande espetáculo. Tomara que tenhamos a presença de famílias, pois isso que é legal no futebol”, declarou o jogador.

Para a final da Taça Guanabara, o técnico Abel Braga ainda tem duas dúvidas para confirmar a equipe. O meia Gustavo Scarpa e o volante Orejuela se recuperam de lesão e fazem tratamento intensivo para irem a campo no domingo.