Henríquez fala em acidente e lamenta gol contra: 'Sinto muita raiva'

Henríquez cometeu erro fatal contra o Goiás e também falhou contra o São Paulo (Foto: Marcelo de Jesus/Raw Image)
Henríquez cometeu erro fatal contra o Goiás e também falhou contra o São Paulo (Foto: Marcelo de Jesus/Raw Image)


Henríquez até fazia uma partida regular, diante do Goiás, em São Januário, mas acabou traído pela sorte e fez, aos 51 minutos do segundo tempo, um gol contra após Richard também cortar mal. O empate em 1 a 1, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, acabou como uma ducha de água fria para a torcida do Vasco no Caldeirão, na noite desta segunda-feira.

Confira e simule a tabela do Brasileirão

— São acidentes que acontecem. Sinto muita raiva, porque realmente impediu a nossa vitória. Sou um cara que me cobro sempre — disse o zagueiro colombiano, que, por outro lado, demonstrou que dará a volta por cima:

— Não tenho que me abater 100%, acontece. Agora é levantar a cabeça.

O defensor, assim como o técnico Vanderlei Luxemburgo, cobrou o setor ofensivo por não ter segurado a bola no campo de ataque.

— Faltou segurar a partida do meio para frente, deixamos o Goiás chegar nos últimos minutos. Repetimos erros que cometemos há muito tempo, provocamos esse acidente. Poderíamos ter matado o jogo no segundo tempo, tivemos lances para matar o jogo. O jogo poderia ter sido dois, três a favor do Vasco. Hoje fui eu que cometi o erro que afetou o time, mas não podemos dar brecha para isso acontecer — afirmou Henríquez.

Como Danilo Barcelos recebeu o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão, o garoto Alexandre, que entrou bem no jogo desta noite, é opção para a lateral esquerda do time que enfrentará o São Paulo, no dia 28, às 20h30, no Morumbi, pela 35ª rodada. Henrique ainda se recupera de lesão na coxa direita. O Gigante da Colina já atuou pela 34ª rodada — empatou em 4 a 4 com o Flamengo, em jogo antecipado —, e não atuará no próximo fim de semana.












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também