Henan faz três, Santo André vira sobre o Mirassol e ajuda o Peixe

O Santo André contou com uma atuação inspirada do centroavante Henan , autor dos três gols da equipe, e do goleiro Zé Carlos, que segurou a pressão do Mirassol quando a equipe ficou com um a menos, para disparar 3 a 2 sobre o rival na tarde deste sábado, no Maião, em Mirassol, ajudando o Santos na busca por uma vaga nas quartas de final do Campeonato Paulista.

Com o resultado, o Ramalhão chega a oito pontos no Grupo C, ultrapassando o Novorizontino, enquanto o Mirassol estaciona nos 14 no Grupo D e pode ser ultrapassado pelo Santos, que encara o Palmeiras, neste domingo, na Vila Belmiro. Na próxima rodada, o time da Grande São Paulo recebe a Ponte, na terça-feira, enquanto o clube do interior visita o Palmeiras, na quarta, no Palestra Itália.

O placar foi aberto por Henan logo em seu primeiro lance, aos nove minutos de bola rolando. O atacante recebeu bom lançamento pelo lado esquerdo do ataque, dominou e jogou para o meio, na entrada da área. Com o pé direito, o avante chutou colocado no ângulo direito, sem chances para o goleiro Vagner, além de tudo mal posicionado no lance.

O tento, porém, foi um breve intervalo no domínio dos donos da casa, melhor organizados dentro de campo e levando muito perigo nas bolas paradas. Não à toa, em duas delas, os anfitriões conseguiram tomar a dianteira do placar. Na primeira, Edson Silva aproveitou bola cruzada da direita e cabeceou no canto, sem chances para Zé Carlos. Na segunda, próxima ao intervalo, Xuxa bateu escanteio, a bola atravessou a pequena área e Wellington matou no peito antes de chutar forte e fazer o 2 a 1.

Talvez relaxado pela vantagem, no entanto, o time da casa voltou para o segundo tempo desconcentrado e, antes que pudesse reagir, Henan mostrou que tinha a força necessária para a virada. Primeiro, a um minuto, aproveitou cruzamento de Claudinho e cabeceou sem chances para o goleiro. Depois, Aelson ganhou lance pela esquerda e cruzou rasteiro. O centroavante tentou o desvio para o gol, mas acabou pisando na bola e conseguiu tirar o goleiro da jogada. Ainda com a redonda, só tocou para o gol vazio.

O Mirassol logo retomou o controle e passou a ameaçar o gol de Zé Carlos, principalmente após a expulsão de Leonardo, ainda antes dos 20 minutos. A grande atuação do arqueiro, realizando pelo menos quatro defesas de grande dificuldade, porém, conseguiu frear a reação do time de Mirassol e assegurou ao Ramalhão os três pontos fora de casa.