Helinho joga? Multa e prazo criados por Pássaro e Raí ajudam

·1 min de leitura
Helinho está entre os relacionados e tem tudo para ser titular (Diogo Reis/AGIF)

Red Bull Bragantino e São Paulo se enfrentam às 18h15 e a grande pergunta envolvendo o jogo é: Helinho estará em campo? O Blog apurou que o atacante foi para a concentração e vai jogar graças às condições criadas no contrato de empréstimo por Alexandre Pássaro e Raí, ex-dirigentes do São Paulo.

A dupla tricolor estipulou multa de apenas R$ 400 mil em caso de participação do atacante. Detalhe: o período para pagamento é de até 30 dias. Diante destas condições, o Red Bull já optou por usá-lo.

É importante contar que cláusulas como essas costumam ser bem maiores, na casa de R$ 1 milhão. E o pagamento invariavelmente é feito no ato.

O Tricolor preferiria que Helinho não entrasse em campo, porque entende a importância do jogador para o adversário. Artur, recuperado de Covid, ainda é dúvida. Já Ytalo, centroavante do time, é ausência certa, assim como Bruno Tubarão. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos