Harry Kane chega à Copa do Mundo em busca do primeiro título e chance da Bola de Ouro


Astro da Inglaterra, o atacante Harry Kane faz parte de uma lista de grandes atletas que não possuem títulos conquistados, seja por clube ou seleção. Por isso, a Copa do Mundo deste ano tem tudo para ser o ‘torneio da vida’ para o jogador.

+ Quem é o maior favorito na Copa do Mundo? Veja votação feita na redação do LANCE!

Aos 29 anos, Kane possivelmente chega ao seu auge técnico neste Mundial. Ainda que na última edição, em 2018, ele tenha disputado em condições espetaculares, sendo, inclusive, o artilheiro do torneio, hoje o atleta está mais maduro e em um nível que se mantém em alta há, pelo menos, oito temporadas.

E é com a seleção inglesa que Harry Kane tem sentido o gosto de ser campeão bem próximo nos últimos anos. Ainda que tenha sido vice-campeão da Liga dos Campeões com o Tottenham, na temporada 2018/19, com o English Team, o centroavante chegou até a semifinal da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, e foi vice-campeão da Euro, disputada no ano passado, perdendo nos pênaltis para a Itália.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule os jogos

E é de tanto ‘bater na trave’ que neste ano Harry Kane poderá realizar o sonho de gritar ‘é campeão’ pela primeira vez na carreira. O Tottenham, equipe em que o atacante atua, está na quarta colocação do Campeonato Inglês, oito pontos atrás do líder Arsenal, e, embora a competição não tenha chegado nem na metade, vai ser bem difícil os Spurs alcançarem o rival de Londres. Na Champions League, o time de Kane está nas oitavas de final, tendo avançado na liderança da sua chave na fase de grupos, mas está longe de ser considerado favorito para ser campeão.

Harry Kane - Inglaterra
Harry Kane - Inglaterra

Kane é o maior artilheiros da Inglaterra em competições oficiais, com 49 gols (Foto: AFP)

Tudo isso torna o Mundial entre seleções a grande chance de Harry colocar a ‘cereja do bolo’ na sua carreira, pois é protagonista de um plantel qualificado, que tem chegado até decisões recentes e em um torneio que é de tiro curto.

Além disso, há o fato de que a temporada deste ano seja uma das últimas em que o atacante dispute em um nível tão alto. Desde que explodiu para o futebol, na temporada 2014/15, o jogador nunca teve média de participação em gols inferior a 0,60 - o que dá pelo menos uma participação direta a cada dois jogos. Houve anos em que atleta superou a marca de envolvimento em tentos com um por jogo, seja marcando ou dando assistências - casos de 2016/17 e 2020/21.

Com uma carreira em alta por tanto tempo, a tendência é que Harry Kane entre em uma curva descendente após a Copa do Mundo, quando já entrará na faixa dos 30 anos de idade.

Por tudo o que representa no futebol inglês e pela sua regularidade, o atacante muito possivelmente estará no próximo Mundial, que acontecerá em 2026, no Canadá, Estados Unidos e México, mas certamente longe da sua melhor condição, como será neste ano.

Harry Kane - Inglaterra
Harry Kane - Inglaterra

Harry Kane após a derrota da Inglaterra na final da Euro 2020, disputada em 2021 (Foto: LAURENCE GRIFFITHS / POOL / AFP)

MELHOR DO MUNDO

Capitão da Inglaterra, Harry Kane levantará a taça caso os Três Leões vençam o Mundial. E isso naturalmente impulsionaria o atacante a uma outra conquista, essa individual: a Bola de Ouro.

Kane chega à disputa da Copa do Mundo com 13 gols marcados e três assistências em 22 jogos na temporada até aqui. Uma média de participação em quase um gol por jogo (0,72). Doze desses tentos anotados foram na Premier League, o que coloca ele na condição de vice-artilheiro, atrás apenas de Erling Haaland, do Manchester City, com 18 gols.

E é justamente o dinamarquês, dos Citzens, quem deve ser o principal concorrente de Kane pela Chuteira de Ouro, prêmio dado ao artilheiro da Copa, e que o centroavante inglês recebeu há quatro anos, na Rússia. No entanto, a tendência é que a Dinamarca não chegue tão longe quanto a Inglaterra no Mundial, dando a Harry mais chances de ir às redes.

Ser novamente artilheiro da Copa do Mundo, mas dessa vez somando a conquista individual com o título coletivo, colocaria Harry Kane em uma prateleira alta para ser premiado como o melhor jogador do mundo no fim da temporada 2022/23. Principalmente porque o torneio entre seleções possui grande peso na decisão da premiação.

A estreia da seleção inglesa no Mundial acontece nesta segunda-feira (21), às 10h (horário de Brasília), contra o Irã. Kane será titular e iniciará uma nova caminhada rumo ao primeiro título da carreira. Além da marca pessoal, uma possível conquista seria a primeira da Inglaterra no futebol desde 1966, quando o English Team conquistou a Copa do Mundo pela única vez.