Hamilton quer Alonso competitivo para melhorar a temporada

Tricampeão da Fórmula 1 e nome dominante nos últimos três anos, Lewis Hamilton é mais um dos que esperam que a temporada de 2017 seja mais competitiva na categoria. Com direito a novo parceiro e carros mais rápidos, o britânico da Mercedes quer mais um fator para o ano ser realmente bom: que Fernando Alonso consiga entrar na briga por vitórias e títulos.

“Já tive ótimas batalhas com Vettel na pista. Muitos fãs gostariam de ver isso entre nós. Mas precisamos que Fernando tenha um carro bom para que ele também possa competir antes que seu tempo acabe. Temos pistas de que ele ainda tem alguns anos pelo menos, então isso é bom. Acho que ainda vamos ver o melhor dele, o esporte precisa e merece isso”, afirmou Hamilton na coletiva que reuniu todos os pilotos nesta quinta-feira, véspera do Grande Prêmio da Austrália, primeiro da temporada. Na pré-temporada, a McLaren de Alonso e Stoffel Vandoorne teve problemas e foi inconsistente.

Vice-campeão em 2016, perdendo para seu então companheiro Nico Rosberg, Hamilton está ansioso pelos novos carros, mais rápidas pelas mudanças no regulamento aerodinâmico. “O desafio de explorar essa velocidade com seu carro na pista é incrível. No sentido físico é mais na direção de como a F1 deveria ser. Somos atletas e esse deveria ser um dos esportes que mais exigem, mas não era o que vinha acontecendo nos últimos anos”, revelou o piloto.

Para Lewis, a grande favorita para de 2017 será a Ferrari, que busca voltar ao topo da Fórmula 1 e foi a mais rápida nos treinos de pré-temporada realizados em Barcelona. “Vejo a Ferrari sendo a mais rápida no momento e acho que eles são os favoritos, mas vamos descobrir mais no fim de semana. O ritmo deles nos testes foi ótimo. Estou muito ansioso para saber o que a Red Bull vai trazer, porque eles ficaram para trás na pré-temporada, pelo menos comparado à Ferrari”, analisou.

“Acredito que mais equipes e pilotos estarão na briga por vitórias. Espero que isso aconteça. Acho que nenhuma equipe já venceu dois anos seguidos após uma mudança de regulamento. Então é isso que queremos. Estamos aqui para vencer e fazer o que nunca fizeram antes”, comentou Hamilton.

Desde 2014, a Mercedes não encontra páreo nas pistas da Fórmula 1. A equipe alemã foi campeã das últimas três temporadas, duas vezes com Hamilton (2014 e 2015) e uma com Nico Rosberg. Para este ano, o time contará com Valtteri Bottas, uma vez que o campeão de 2016 se aposentou após seu título. “Valtteri vem se encaixando muito bem na equipe, trabalhando muito duro para ser o melhor que ele pode – que é tudo o que eu quero”, completou Lewis, vencedor das últimas quatro provas disputadas na categoria.