Hamilton perde 10 posições no grid do GP da Turquia por troca de motor

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Lewis Hamilton durante o GP da Turquia de Fórmula 1
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

ISTAMBUL (Reuters) - O heptacampeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton sofrerá uma punição de dez posições no grid de largada do Grande Prêmio da Turquia depois que a Mercedes trocou o motor de seu carro nesta sexta-feira.

O novo motor de combustão interna (ICE) ultrapassa a alocação de três por temporada do britânico, o que causou a penalidade.

Hamilton está dois pontos à frente de Max Verstappen, da Red Bull, a sete provas do final da temporada, incluindo a de domingo no circuito de Istanbul Park, e qualquer falha mecânica em uma corrida seria um grande revés.

Verstappen recebeu uma penalidade na corrida anterior sob chuva na Rússia e largou na última posição, mas conseguiu chegar em segundo e limitar o estrago.

Hamilton venceu na Turquia no ano passado, resultado que lhe deu à época seu sétimo campeonato da categoria. Antes da prova deste ano, ele minimizou a necessidade de uma troca de motor.

Carlos Sainz, da Ferrari, recebeu um motor totalmente novo como parte de uma atualização planejada e largará na última posição.

(Por Alan Baldwin em Londres)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos