Hamilton faz melhor volta e larga na pole da corrida sprint do GP de São Paulo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O britânico Lewis Hamilton vai largar em primeiro na corrida sprint deste sábado (13), às 16h30, no autódromo de Interlagos, que vai definir o grid de largada para o GP de São Paulo no domingo (14).

Vice-líder do Mundial de F1, o piloto da Mercedes fez o melhor tempo do treino classificatório nesta sexta-feira (12), com 1min7s934.

Líder da temporada, o holandês Max Verstappen, da Red Bull, vai largar em segundo. O tempo dele foi de 1min8s372. Valteri Bottas, da Mercedes, larga em terceiro, e Sergio Pérez, da Red Bull, completa as duas primeiras filas, em quarto.

O primeiro dia com carros na pista neste retorno da F1 ao país recebeu um bom público em Interlagos.

A organização do evento só divulgará o número total de presentes ao final dos três dias do GP de São Paulo, mas foi possível notar que as arquibancadas estavam cheias mesmo com o frio de 16º por volta das 16h, quando começou o treino classificatório para a corrida sprint --a capacidade total do autódromo é de 60 mil pessoas.

Este será o primeiro ano que a etapa brasileira vai receber o novo formato de definição do grid de largada. A ordem dos pilotos na pista será definida na corrida sprint --com cerca de 24 voltas-- que acontecerá neste sábado (13). A prova completa será disputada no domingo, às 14h, com transmissão da Band.

Em 2019, Max Verstappen fez a pole e venceu a corrida na cidade de São Paulo --em 2020 o Brasil acabou fora do calendário da F1 por causa da pandemia de Covid-19.

Com o campeonato se aproximando do fim, cada vantagem em posições de largada faz a diferença. Por isso o público esteve presente para acompanhar mais uma disputa entre Max Verstappen, da Red Bull, e Lewis Hamilton, da Mercedes, líder e vice-líder do Mundial, respectivamente, separados por 19 pontos -- (312,5 contra 293,5).

Depois do Brasil, o campeonato terá mais três provas: Qatar, Arábia Saudita e Abu Dhabi.

Na corrida sprint, somente os três primeiros colocados recebem pontos: o primeiro ganha três pontos, o segundo ganha dois e o terceiro obtém um ponto.

Além da Band, a F1 anunciou nesta sexta-feira (12) que a corida deste sábado (13) será transmitida pelo canal do streamer Gaules na Twitch.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos