Hamilton está mais pressionado do que Verstappen, diz Horner

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Lewis Hamilton participa de entrevista coletiva
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Alan Baldwin

(Reuters) - O sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton está sob "muito mais pressão" do que seu rival Max Verstappen, disse o chefe da equipe Red Bull, Christian Horner, nesta sexta-feira.

Verstappen, de 23 anos, lidera o campeonato à frente de Hamilton, da Mercedes, por cinco pontos após 14 das 22 corridas, mas vai largar o Grande Prêmio da Rússia de domingo atrás no grid depois de uma troca de motor.

Hamilton, de 36 anos, pode recuperar a liderança geral em Sochi, com um companheiro de equipe complacente em Valtteri Bottas e em uma pista onde a Mercedes venceu todas as corridas desde a primeira em 2014.

Os dois rivais pelo título acirraram a disputa verbalmente na quinta-feira com Hamilton dizendo que sabia por experiência quanta pressão Verstappen estava sentindo ao buscar o primeiro título, e o piloto holandês afirmando estar "muito frio" e amando a disputa.

"Acho que Lewis tentando conquistar seu oitavo título está sofrendo mais pressão do que Max buscando o primeiro", disse Horner.

"Max está gostando do que está fazendo, está dirigindo melhor do que nunca. Se você quiser ver como ele lida com a pressão, basta olhar para Zandvoort (Holanda). A pressão intensa que ele sofreu naquele fim de semana."

“Ele está gostando de dirigir o carro, está gostando do desafio, está gostando da competição e não tem nada a perder”, acrescentou o britânico.

Verstappen venceu o GP da Holanda em casa em Zandvoort no dia 5 de setembro desde a pole position e diante de um estridente 'exército laranja' de fãs.

(Reportagem de Alan Baldwin em Londres)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos