Hamilton diz que relação com Bottas é a melhor com parceiro de equipe

Nas últimas temporadas, a intensa rivalidade entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg ganhou as manchetes da Fórmula 1. Porém, com a aposentadoria do alemão ao final de 2016, o britânico será parceiro de Valtteri Bottas na Mercedes. Para o tricampeão, a relação entre eles é a melhor que já teve com algum parceiro de time.

“Não há jogos, há uma total transparência, e eu gosto disso. Sinto que já temos uma melhor relação de trabalho do que eu já tive com qualquer companheiro de equipe que já tive antes. Ele quer fazer o melhor em seu primeiro ano com a equipe, e quero me certificar de que eu possa dar informações para ele aprender. E conversamos na pista”, disse Lewis.

Na última corrida de 2016, em Abu Dhabi, Rosberg garantiu o título mundial após cruzar a linha de chegada em segundo, contudo, Hamilton tentou evitar o título do alemão. Apesar de estar com folga na liderança da corrida, Lewis diminuiu o ritmo a fim de que os adversários se aproximassem de Nico e, quem sabe, conseguissem a ultrapassagem, para que o britânico fosse tetracampeão. Além da estratégia não ter dado certo, a ação de Hamilton foi desaprovada pela Mercedes, mas o piloto disso que o mal estar já passou.

“É apenas a maneira que você é, você tem que jogar o jogo. Essa última corrida foi difícil e sinto no meu coração que fiz o que precisava fazer. Eu nunca tive a sensação de que ultrapassei os limites. Mas então houve esse sentimento de energia negativa para mim, mas a equipe ganhou, então tinha que ficar feliz por eles. Tento estar na fábrica mais vezes agora para passar a sensação de que, embora tenham perdido um piloto, eles têm outro que se importa”, continuou.

A primeira corrida do campeonato de 2017 da Fórmula 1 acontece no dia 26 de março, na Austrália. Apesar de ainda estar nos testes da pré-temporada, Hamilton já projeta a expectativa para o primeiro GP. “Eu quero a pole position, a volta mais rápida, ser mais veloz a capa sessão e vencer!”, finalizou.