Halterofilismo: Lara de Lima encerra participação nas Paralimpíadas em 7ª; João França fica em 6º

·1 minuto de leitura


Dois atletas brasileiros do halterofilismo entraram em ação nesta quinta-feira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Na categoria feminina até 41kg, Lara Aparecida de Lima ficou na 6ª colocação, enquanto no masculino até 49kg, João Maria França encerrou participação na 7ª posição.

+ Gabriel Araújo conquista a primeira medalha para o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Ouro no Parapan-Americanos de Lima em 2019, João França foi o primeiro a atuar e levantou 144kg na segunda tentativa da madrugada. O primeiro lugar ficou Omar Qarada, da Jordânia. Le Van Cong, do Vietnã, e Parvin Mammadov, do Azerbaijão, fecharam o pódio.

+ Atleta brasileiro cai no exame anti-doping e deixa os Jogos Paralímpicos

Aos 18 anos e disputando a primeira Paralimpíada da carreira, Lara de Lima levantou 88kg na primeira tentativa, mas não conseguiu erguer o peso de 92kg nas últimas tentativas. Com o resultado, a brasileira ficou na 6ª posição. Guo Lingling ficou com a medalha de ouro, enquanto Nin Nengah Widiasih, da Indonésia, e Clara Fuentes, da Venezuela, fecharam o pódio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos