Haaland pode melhorar, ele não chegou ao seu melhor, diz Guardiola

Haaland comemora vitória do Manchester City sobre o Leeds United

Por Peter Hall

LEEDS, Inglaterra (Reuters) - O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, acredita que Erling Haaland não está no seu melhor e pode progredir ainda mais, apesar de o norueguês ter se tornado o jogador a marcar 20 gols em menos tempo na história da Premier League durante a vitória de seu time por 3 x 1 sobre o Leeds United.

Haaland deu sequência à incrível forma com dois gols no segundo tempo em Elland Road na quarta-feira para chegar a 20 gols em apenas 14 partidas --sete jogos mais rápido do que o próximo jogador a atingir essa marca de gols.

O norueguês marcou 26 vezes em 20 partidas sob o comando de Guardiola em todas as competições -- o mais rápido que qualquer jogador alcançou 25 gols sob o comando do técnico do City em clubes da primeira divisão.

"Ele perdeu chances, espero que possa fazer melhor", disse Guardiola. “Mas os números são excepcionais, ele é uma ameaça incrível e sempre na posição certa na hora certa."

"Tenho a sensação de que ele não está no seu melhor. É uma questão de tempo. Claro que estamos satisfeitos, mas aquele pouco ritmo que ele tinha no início da temporada, agora ele talvez tenha um pouco de dificuldade, mas é uma questão de tempo."

"Ainda estou mais do que satisfeito, mas tive a sensação de que na primeira parte da temporada ele estava mais afiado", completou.

Haaland, de 22 anos, disse que a ausência da Noruega na Copa do Mundo no Catar o deixou com mais vontade. "Fiquei em casa, um pouco bravo por não participar da Copa do Mundo", disse ele à Amazon. "Recarreguei minhas baterias."

"Ver outras pessoas marcando para ganhar jogos na Copa do Mundo me motivou e me irritou. Estou com mais vontade e mais preparado do que nunca."