Há mais novos casos de coronavírus fora da China do que no país, diz OMS

Yahoo Notícias
Milão está sofrendo com o coronavírus (Foto: Getty Images)
Milão está sofrendo com o coronavírus (Foto: Getty Images)

A Organização Mundial da Saúde informou nesta quarta-feira que, pela primeira vez desde que surgiram os primeiros relatos do coronavírus, os casos diários da doença relatados fora da China, epicentro do vírus, superaram os notificados no país asiático. Em 37 países houve 427 casos. Já na China esse número ficou em 411.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

“Não há necessidade de pânico”, afirmou Hans Kluge, diretor da OMS, em coletiva de imprensa em Roma. “A taxa de mortalidade é de cerca de 2%. Na China, onde estão 96,5% dos casos no mundo, agora ela é ainda menor, de 1%, salientou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Kluge também lembrou que, de cinco pacientes com o coronavírus, “quatro têm sintomas leves e se recuperam”.

Leia também

Já o diretor-geral do órgão, Tedros Adhanom, disse que a “alta de novas infecções na Itália, no Irã e na Coreia do Sul é “muito preocupante”, mas o vírus ainda pode ser contido e não está configurada uma pandemia

Leia também