Há quatro anos, Flamengo anunciava a contratação de Gabigol

Gabigol inicia sua quinta temporada como jogador do Flamengo (Foto: Divulgação/@Flamengo)


Há exatos quatro anos, em 11 de janeiro de 2019, o Flamengo anunciou a contratação de Gabriel Barbosa. Foi o início da história escrita pelo atacante, que, primeiro, chegou por empréstimo do Inter de Milão (ITA) e foi comprado em definitivo em 2020. São 133 gols e 39 assistências em 210 jogos, além dos 11 títulos conquistados com o Manto. Iniciando sua quinta temporada no Rubro-Negro, Gabi deixará a camisa 9, herdada pelo centroavante Pedro, para assumir o número 10 em 2023.

+ Vaivém do LANCE!: confira todas transferências dos clubes brasileiros no Mercado da Bola

A temporada mais artilheira de Gabi pelo Flamengo foi justamente a primeira: 43 gols em 2019. O atacante fez 34 gols em 2021, 29 em 2022 e 27 em 2020. Neste período, formou parceria inesquecível com Arrascaeta, Bruno Henrique e Everton Ribeiro, seus principais garçons no Flamengo, com 17, 15 e 9 assistências, respectivamente. Assim como Gabi, todos seguem no Fla.

Na última temporada, contudo, Pedro foi o grande parceiro de Gabi, que, com a entrada do centroavante, passou a atuar em nova função. A expectativa é de que a dupla siga como titular em 2023. Vítor Pereira, contratado pelo clube em janeiro, falou sobre a possibilidade em sua chegada.

Os gols decisivos - fez os dois da vitória sobre o River Plate (ARG), em 2019, e sobre o Athletico, em 2021, nos títulos da Libertadores - já seriam suficientes para Gabigol cair nas graças da Nação, mas a identificação do jogador com a torcida vai além disso. Muitas vezes, o novo camisa 10 representa o sentimento do torcedor dentro e fora de campo, com a irreverência e a paixão de defender o clube,

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.