'Há mais coisas para conquistar', diz Abel Ferreira após bicampeonato do Palmeiras na Libertadores

·1 minuto de leitura
O técnico português Abel Ferreira celebra a conquista da Copa Libertadores pelo Palmeiras

O técnico do Palmeiras, o português Abel Ferreira, disse que sua equipe não ficará satisfeita por ter vencido a final da Copa Libertadores neste sábado, contra o Santos, no Maracanã.

"Estamos subindo a montanha, estamos curtindo a paisagem ... mas há mais coisas para conquistar", disse o português de 42 anos na coletiva de imprensa após a conquista do bicampeonato no torneio continental.

“Há coisas que valem mais que o título. Minha maior alegria foi ver meus jogadores felizes, todos felizes”, disse antes de ser interrompido pela comemoração dos jogadores do Verdão no meio da sala de imprensa.

Ferreira conquistou seu primeiro título profissional como técnico na vitória por 1 a 0 sobre o Peixe, com um gol nos acréscimos marcado pelo atacante Breno Lopes, único jogador a ser contratado pela equipe desde que assumiu o cargo em novembro para substituir Vanderlei Luxemburgo.

Além disso o treinador português se tornou o terceiro europeu a comandar uma equipe na conquista da Libertadores, depois do compatriota Jorge Jesus (Flamengo, 2019) e do croata Mirko Jozic (Colo Colo, 1991).

“Quero dizer também que essa caminhada foi do mister Vanderlei Luxemburgo e ele tem um trabalho feito nessa competição”, destacou.

"Não poderia de deixar de falar do Santos, foi um grande time, os jogadores deles mereciam. Foram espetaculares", concluiu o português.

Agora, com esta conquista, o Verdão vai disputar o Mundial de Clubes da Fifa, que começa na próxima quinta-feira, com a partida entre o Tigres, do México, e o Ulsan, da Coreia do Sul. O vencedor deste confronto será o adversário do clube de São Paulo nas semifinais, sábado (07/02).

raa/ma/lca