Há 30 anos Liverpool conquistava seu último título inglês com ídolo jogando... e treinando o time

Goal.com

No dia 28 de abril de 1990, há exatos 30 anos, o Liverpool conquistava seu último título nacional inglês. Essa foi a 18ª vez que os Reds foram campeões da Liga Inglesa, e olhando para o número de troféus, ninguém poderia imaginar o que aconteceria nos 30 anos seguintes.

Menos de dois anos depois da conquista, o campeonato inglês passaria por uma reestruturação completa, até tornar-se a famosa Premier League, uma das ligas que mais movimenta torcedores ao redor do mundo.

Porém, desde então, o Liverpool não conseguiu conquistar o título novamente. E o longo jejum que teve início em 1990 estava prestes a terminar, mas a crise do novo coronavírus passou a ameaçar o tão sonhado título, que já estava praticamente garantido. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mas enquanto a Premier League não retorna e o título inédito não vem, relembre como foi a conquista do campeonato inglês de 1990.

A campanha vencedora

Atual vencedor da Copa da Inglaterra, o Liverpool iniciava a temporada 1989/90 como o grande favorito ao título inglês, mesmo perdendo a última liga nacional para o Arsenal. 

Na época, o clubes da Inglaterra não participavam das competições europeias, por conta da tragédia de Heysel - uma briga generalizada causada pelos torcedores dos Reds na final da Liga dos Campeões de 1985, resultando em 39 mortes. Por isso, o campeonato inglês era o grande objetivo do clube de Anfield Road.

O Liverpool começou a competição sem perder nas primeiras oito partidas e confirmou o favoritismo, aplicando uma histórica goleada por 9 a 0 no Crystal Palace. Depois de alguns tropeços, o clube acabou perdendo momentaneamente a liderança para o Chelsea, mas recuperou o primeiro lugar da tabela pouco tempo depois. 

Então, engatou mais uma sequência incrível, perdendo apenas uma das últimas 23 rodadas, até terminar como campeão. 

O jogo do título

A confirmação do título veio contra o Queens Park Rangers, diante de um Anfield lotado. Os visitantes começaram melhor, abriram o placar e tiveram a chance de ampliar a vantagem.

Então, a vitória veio ao melhor estilo Liverpool, de virada. Ian Rush empatou e John Barnes marcou de pênalti para garantir o título.

Barnes terminou como artilheiro da competição, com 22 gols, conquistando sua 6ª taça pelos Reds em nove temporadas.

John Barnes - Liverpool 1986
John Barnes - Liverpool 1986
Foto: Gettyimages

Grande elenco e um treinador inusitado

kenny dalglish liverpool
kenny dalglish liverpool

O Liverpool contava com um grande elenco, capaz de colocar medo em qualquer time do mundo. A equipe base do título inglês de 1988 e do vice de 1989 foi mantida e contava com nomes como Ian Rush, John Barnes, Grobbelaar, Ronnie Whelan e John Aldridge.

E assim como atualmente, o treinador era um dos principais personagens da equipe. O time era comandado pelo craque Kenny Dalglish, lenda do futebol da década de 1980. A curiosidade é que, além de treinar a equipe, o escocês continuava atuando como jogador. 

A última partida da liga inglesa daquela temporada também marcou o último jogo de Dalglish com a camisa vermelha.

Leia também