Há 18 anos, Corinthians se sagrava campeão do Rio-SP diante de rival


O Rio-São Paulo de 2002 vai ficar marcado na história do Corinthians. Além de ser a última edição do torneio, o Timão foi campeão em cima do rival São Paulo, ao vencer o jogo de ida 3 a 2 e empatar a volta por 1 a 1. Ambos os jogos foram no Morumbi.

Esta edição ficou marcada pela supremacia paulista na disputa. Com as semifinais compostas apenas por times do estado de São Paulo, a conquista do Timão afirmou a superioridade alvinegra sobre seus maiores rivais na época.

Com a final sendo decidida em um Majestoso, o clima não poderia ser outro que não o de muita tensão e nervosismo. Com a vantagem acumulada na primeira partida, o Corinthians precisava apenas de um empate para garantir o título. Logo no começo da partida, com apenas dois minutos de bola rolando, o Timão saiu atrás no placar após um gol de Reinaldo.

Na segunda etapa, o Corinthians conseguiu o empate. O lateral direito Rogério acertou uma cobrança de falta e colocou a bola na gaveta. Após o golaço de falta e com a torcida totalmente inflamada nas arquibancadas do Morumbi, o Corinthians apenas controlou o resultado e saiu de campo campeão.

O Corinthians, sob o comando de Parreira, foi escalado com Dida; Rogério, Anderson, Fábio Luciano, Kléber; Fabrício, Vampeta, Ricardinho; Deivid, Leandro e Gil. Fabinho e Renato entraram no decorrer da partida.

A campanha do Corinthians na primeira fase foi excelente. Líder da primeira fase, com 31 pontos conquistados em 15 partidas - nove vitórias, quatro empates e duas derrotas. Depois disso, despachou o São Caetano com triunfo por 4 a 2 na semifinal.

Veja o post do clube sobre a conquista












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também